Notícias / Notícias Gerais

18/07/15 às 10:16 / Atualizada: 18/07/15 às 12:18

Alagoa Grande (PB): Para sobreviver crianças caçam ratos para comer

Viúva com sete filhos matam a fome comendo ratos

Williams Rocha

Blog do Rocha

Imprimir Enviar para um amigo
Alagoa Grande (PB): Para sobreviver crianças caçam ratos para comer

Foto: AG1 Notícias

A escassez de comida na mesa de muitos paraibanos está levando uma família da cidade de Alagoa Grande (na região do Brejo, a 148 km de João Pessoa), à uma situação extrema: caçar roedores para complementar a alimentação. Na comunidade Barreiras, no Sítio Tambor, virou rotina crianças saírem quase todos os dias, sempre à tarde, para colocarem armadilhas para ‘rato de Junco’. O prefeito da cidade disse que o Município vai ajudar a família, mas que já teria oferecido apoio anteriormente e eles teriam recusado.

A caça ao animal é artesanal e feita em uma lagoa que fica no centro da cidade. Uma das crianças revelou que há uma semana sua família se alimenta com rato, porque não dinheiro para comprar a “mistura” e nem outros alimentos. “A gente vai um dia sim, outro não. A gente mete o pau no ninho e mata os ratos (sic)”, contou um menino de 10 anos.

 
O registro da situação de extrema pobreza de uma família que é comandada por uma mulher de nove filhos foi feito pelo blogueiro Júlio Araújo. Ele flagrou um grupo de crianças saindo de um matagal com os animais já prontos para o consumo.
 
“Eu fui até a casa da família para fazer uma reportagem sobre um homem que tinha morrido na comunidade. Quando estava iniciando a matéria, vi as crianças saindo do mato com os animais e todos tratados. Perguntei para qual a finalidade dos animais e eles foram enfáticos: para comer. Fiquei chocado com a situação de pobreza da família”, relatou Queiroz, com um tom de emoção.
 
O imóvel onde a família mora ainda é feito de barro. A casa de poucos cômodos não possui rede de esgoto, a instalação elétrica é feita com gambiarras e não há higiene. Para matar a sede, os garotos pegam água de um açude próximo onde não há tratamento adequado para o consumo. “Podemos dizer que é uma pobreza muito grande, que não sei mensurar. Fiquei muito chocado e comovido. Eles bebem água barrenta que pegam em um açude. Daí, usei o jornalismo para tentar ajudar essa família e amenizar a dor dessas crianças”, disse o blogueiro.

Atualização  sábado 18.07 às 12h15

Corrente do Bem TV Clube

TV Clube João Pessoa 09.07 - Pessoal, agradecemos imensamente a sensibilidade de vocês. Estamos arrecadando donativos e vamos deixar lá na semana que vem. Pode deixar na portaria da TV, na Av. Dom Pedro II, número 899. Já recebemos muita coisa, mas comida para quem tem fome nunca é demais. Eles precisam também de panelas. Nem isso eles têm. Recebemos muita comida, mas aí da falta as panelas.


TV Clube João Pessoa 15.07 - Gente, fomos hoje lá e a realidade da família está mudando aos poucos. Vamos contar toda a história detalhadamente em uma reportagem que produzimos lá e assim que estiver pronta postaremos aqui para vocês ...nós agradecemos imensamente o envolvimento de quase 3 milhões de pessoas. Não vamos abandonar essa família, pois nossa responsabilidade vai além de informar, mas ajudar e promover mudança social. Contamos com vocês nessa corrente do bem!
 
  • Alagoa Grande (PB): Para sobreviver crianças caçam ratos para comer
Imprimir Enviar para um amigo

Vídeo Relacionado

comentar10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Francisca Prado, em 21/06/18 às 09:39

    Oi gente,bom dia,só tomei conhecimento dessa situação hoje,através do Whatsapp, me deu muita tristeza,gostaria de saber como ESTÁ ESTA FAMÍLIA HOJE.OBRIGADA. Da redação: o problema foi resolvido na época graças a repercussão na mídia.

  • por Mônica, em 29/08/17 às 12:50

    Boa tarde, me chamo Mônica. E sou de SP. Vi a reportagem hoje e eu e minha família gostaríamos de ajudar também. Eles precisam de tudo. Como fazemos para ajudar? Passem pra nós as idades deles pra que possamos estar enviando roupas também. - Da redação: após a reportagem o problema foi solucionado.

  • por Ruth Lais, em 27/03/17 às 20:17

    E como está a situação dessa família agora? _ Resposta: problema foi resolvido logo que imprensa noticiou

  • por Antonio José de Oliveira, em 25/03/17 às 09:53

    Que situação de pobreza, num Brasil que era tão rico. Saquearam nosso país e agora existem crianças comendo ratos. Até quando minha gente?

  • por Ana Cristina Messias dos Santos, em 30/11/16 às 12:02

    Acredito que só comida é muito pouco.... A família não possui nada! Agente assiste direto programas construindo isso,aquilo,eu sei que eu não tenho condições de ajudar com uma casa! Mas vc repórter pode levar essa história aos programas envolvidos nessas causas,tais como: Caldeirão do Hulck, Gugu, Domingo maior,entre outros que não me recordo! Assistir esse vídeo me deixou muito abalada,uns com tantos (não criticando,até pq eles venceram para chegar até onde estão ),e outros com nada! Seja o porta voz para a mudança dessa família! Leve saúde, educação, um lar digno de se morar por favor :( 22999713957

  • por Elaine, em 24/11/16 às 11:40

    Queria saber como faco pra ir fazer uma visita a essa familia pra levar alguma coisa

  • por MARIA DA GUIA DOS SANTOS, em 11/07/16 às 11:30

    Poise!!!! Eu já vivi uma vida mais o menos desse tipo, justamente na terrinha Paraíba... comi muito ratos ,, só q no meu caso, era só pra substituir a carne,.

  • por Bartira, em 13/01/16 às 19:20

    Olá gostaria de saber qual a situação atual da família ? se as crianças estão na escola? e se a mãe conseguiu um emprego? também gostaria de ajudar a família como posso fazer?

  • por antonia, em 27/11/15 às 00:30

    Olá, como faz para enviar ajuda a essa familia?? Algum endereço? Como faz ...?

  • por Fernando, em 18/07/15 às 21:12

    Temos que dar os parabêns para aqueles vagabundos da lava jato e para nossa presidenta dilma aque ponto chega o bicho ser humano enquanto pessoas tem que comer rato para sobreviver os bunitinhos saqueiam o Brasil acorda Brasil acorda povo lutem para mudar para um Brasil melhor hoje temos uma mega ferramenta que se chama internet.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Queimada e tempo seco não são os agentes principais das doenças respiratórias

As clínicas de otorrinolaringologista e pneumologia ficam cheias nesta época do ano. Crianças e idosos sofrem para dormir, principalmente devido à baixa resistência do organismo, fato que provoca com facilidade...

 
 
 
 
Sitevip Internet