Notícias / Aventuras

30/03/16 às 10:13

ROTA PARECIS - Fampress leva jornalistas para conhecer roteiro indígena

Viagem faz parte da programação da FIT e visa divulgar municípios turísticos do Estado

D`Laila Borges/Sedec

AGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) em parceria com o trade turístico realiza nos próximos dias 1 e 2 de abril Fampress com a imprensa de Cuiabá para o município de Campo Novo do Parecis. O passeio tem o objetivo de divulgar a Rota Parecis, roteiro criado pelo município em parceria com as aldeias indígenas locais.
 
Os jornalistas conhecerão as aldeias Wazare e Quatro Cachoeiras, o Salto do Utiariti, além de praticarem esportes de aventura como o rapel. Um verdadeiro convite às belezas naturais, históricas e culturais desse paraíso das águas e da diversidade cultural.
 
O projeto “Rota Parecis” é um roteiro turístico que vem sendo estruturado para oferecer ao turista a oportunidade de vivenciar o dia-a-dia indígena, sua cultura, seus hábitos, bem como desfrutar de cenários incríveis, como os rios e cachoeiras com suporte e estrutura necessárias. 80% dos atrativos turísticos estão em áreas indígenas.
 
Parte da programação da Feira Internacional de Turismo do Pantanal que acontece entre os dias 20 e 24 de abril em Cuiabá, esta é a quarta viagem dos jornalistas a destinos turísticos do Estado. Eles já conheceram Nobres, Chapada dos Guimarães e Cáceres. No próximo dia nove será a vez de Jaciara, a capital dos esportes radicais.
 
De acordo com o titular da Sedec, Seneri Paludo, a meta da atual gestão é transformar o turismo em um dos pilares de desenvolvimento econômico do Estado, a exemplo do agronegócio. Para tanto o Estado vem atuando fortemente em três frentes para alavancar o setor. “Estamos trabalhando um tripé como estratégia: infraestrutura, qualificação e promoção e divulgação. A FIT e os fampress entram como parte dessa divulgação, pois precisamos vender nosso potencial e esses eventos são uma excelente oportunidade, pois quem não é visto não é notado”, disse.
 
Roteiro

A aldeia Wazare, criada há cinco anos, está localizada às margens do Rio Verde. Ali hoje se desenvolve o etnoturismo indígena, onde a cultura dos Paresí-Haliti está em cada detalhe por meio das apresentações de danças, cantos, histórias míticas, pinturas corporais, esportes tradicionais e comercialização de artesanato. O local é perfeito para desbravar o Rio Verde através de passeio de barco e banho de rio.
 
Já a aldeia Quatro Cachoeiras está localizada a 33 km da cidade, dentro da Terra Indígena Utiariti. O nome deve-se às quatro belas quedas d´agua formadas pelo Rio Sacre, localizado neste território. Elas são paralelas umas às outras e cercadas por mata densa. Para chegar as quedas da Aldeia Quatro Cachoeiras, caminha-se em uma trilha curta e estreita. O local é de grande beleza e indicado para a contemplação.
 
O Salto Utiariti situado na Aldeia Indígena Utiariti, é um dos mais imponentes de Mato Grosso. Formado pelas águas do Rio Papagaio, tem queda de aproximadamente 90metros e grande volume d’água. Partindo da aldeia, com uma pequena caminhada, chega-se à parte superior da cachoeira onde há uma pequena piscina natural para banho. O lago tem correntes de água quente e fria. Para contemplar o salto de frente é necessário também caminhar por outra trilha íngreme e cercada por mata densa para se chegar a um mirante e apreciar sua beleza.
  • ROTA PARECIS - Fampress leva jornalistas para conhecer roteiro indígena
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Benedito Figueiredo Junior

Como por fim as rugas ao redor dos olhos

Quem já não se pegou em frente ao espelho olhando os chamados pés de galinha, as rugas que ficam ao redor dos olhos? Elas surgem pela atividade muscular ligada aos movimentos da face, e estão associadas ao processo de...

 
 
 
 
Sitevip Internet