Notícias / Esportes

15/07/15 às 15:21 / Atualizada: 15/07/15 às 17:53

Câmara reúne mais de 300 cicloativistas em audiência pública

Marcela Brito

Imprimir Enviar para um amigo
A Câmara de Cuiabá recebeu na noite desta segunda-feira (13) mais de 300 cicloativistas na Audiência Pública para debater o Plano Cicloviário de Cuiabá. O evento reuniu autoridades municipais, estaduais, ciclistas de todas as regiões da capital e defensores do transporte sustentável.

A Praça Pascoal Moreira Cabral foi tomada por centenas de bicicletas que demonstraram ser possível substituir automóveis pelo transporte de duas rodas. Segundo dados da ONU, as bicicletas são os transporte mais ecológico do planeta.

 A audiência foi resultado de um requerimento dos vereadores Arilson da Silva e Dilemário Alencar com o apoio de movimentos e associações como Associação dos Ciclistas de Cuiabá e Região (Acic), Associação MT Bikers (AMTB), Acorda Cuiabá Ciclovia Já, Cuiabá para pessoas, entre outros.

Representaram o poder executivo municipal os secretários de Mobilidade Urbana, Thiago França, secretário de Ordem Pública, Coronel Henrique de Souza, e representaram o poder público estadual o secretário de Cidades, Eduardo Chiletto, o superintendente Carlos Oseko. Também marcaram presença o procurador-geral de Justiça, Luiz Scalope, representantes dos agentes de trânsito de Cuiabá e da Polícia Militar.

De acordo com os requerentes da audiência, Arilson da Silva e Dilemário Alencar, o objetivo foi reunir defensores das ciclovias em um debate amplo cuja participação dos ciclistas seria os destaques do evento. Entre os encaminhamento da audiência foi a proposta da criação de uma Frente Parlamentar em defesa das causas ciclistas e um fórum popular com a participação de parlamentares, associações, e ativistas que defendem o uso das bicicletas como alternativa sustentável para uma trânsito melhor na capital.

Entre as falas apresentadas na audiência, estavam reivindicações pela implantação de ciclovias nas principais rotas utilizadas por ciclistas, revitalização dos espaços onde já existem, valorização e respeito aos ciclistas que declaram correr risco na atual estrutura das vias e a efetivação de um plano cicloviário.

Também foram lembrados dos ciclistas vítimas de acidente de trânsito e a necessidade de motivar a população a utilizar as bicicletas como melhor alternativa de locomoção na capital de Mato Grosso considerada a segunda capital do país com o maior número de adultos obesos, de acordo com pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde. Um em cada cinco cuiabanos acima de 18 anos é obeso, isso representa 21% da população local.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

A Exclusão e o Pancadão

Uns anos atrás, escrevi um artigo sobre a repressão praticada pelos seguranças dentro dos shoppings centers em São Paulo, uma vez que não permitiam que grupos de jovens da periferia, que marcavam encontros chamados...

 
 
 
 
Sitevip Internet