Notícias / Educação

22/02/16 às 19:04

Terceirizados da UFMT retornam atividades nesta terça-feira (23)

Daniel Dino e Luana Soutos, Sintuf-MT e Adufmat-Ssind

Edição Água Boa News, Clodoeste Kassu

Imprimir Enviar para um amigo
Os trabalhadores terceirizados responsáveis pela limpeza da UFMT vão retomar suas atividades nesta terça-feira (23.02). A decisão foi tomada durante assembleia geral da categoria, após a confirmação de que o salário referente ao mês de janeiro havia sido efetivamente quitado pela Luppa, após a paralisação dessa segunda-feira (22). Mesmo com o regresso das atividades, a falta de pagamento expôs uma série de irregularidades que estes trabalhadores enfrentam calados, pontos que as entidades representativas da universidade (Sintuf-MT, Adufmat e DCE) seguirão combatendo.

“Durante a assembleia, nós coletamos várias denúncias destas trabalhadoras, como férias vencidas que a empresa se recusa a permitir o gozo, atestados médicos que são recusados de forma estranha, constantes ameaças que claramente caracterizam o assédio moral. Vamos organizar, em conjunto com a Adufmat, o DCE, e o sindicato específico dos terceirizados, uma agenda de atividades para combater estes absurdos”, destacou a coordenadora geral do Sintuf-MT, Léia de Souza Oliveira.

Segundo o presidente da Adfumat, Reginaldo Araújo, além da elaboração de um dossiê relatando todas as irregularidades impostas pela empresa nas relações com os trabalhadores, outras atividades serão colocadas em prática para esclarece-los sobre os seus direitos. “Nós vamos organizar cursos de formação, plantões de assessoria jurídica e, pensamos também, em elaborar cartilhas informativas”, disse o professor.

O dossiê elaborado pelas entidades será apresentado à administração da UFMT, que durante a reunião realizada nessa segunda-feira demonstrou desconhecimento das condições em que os terceirizados estão submetidos. A luta não acabou. Nos próximos dias, Sintuf-MT, DCE e Adufmat vão estudar a convenção dos terceirizados para, em seguida, iniciar o diálogo com a Luppa em busca de respeito e dignidade aos trabalhadores.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Não temos para onde fugir

            Neste momento de dificuldade que estamos todos passando e que o maior atingido na insegurança é o rico, pois que este além de sentir o pavor eminente da tristeza...

 
 
 
 
Sitevip Internet