Notícias / Justiça

13/07/15 às 21:55 / Atualizada: 13/07/15 às 22:06

TJMT empossa 26 novos juízes substitutos

Assessoria TJ/MT

Imprimir Enviar para um amigo
TJMT empossa 26 novos juízes substitutos

Foto: André Romeu

Na oportunidade, o TJMT entregou à ministra uma placa e uma medalha de mérito acadêmico, parabenizando-a pelos trabalhos prestados à Justiça.
 
Segundo o governador de Mato Grosso, Pedro Taques, o bom funcionamento da Justiça é fundamental para um Estado eficiente e que está em plena transformação. “Aqui não temos apenas 26 vencedores celebrando uma conquista, mas a celebração de toda uma sociedade. Pois a presença de juízes em cada canto deste Estado é fundamental para a garantia dos direitos dos cidadãos. E o Estado vai buscar todos os meios para garantir que haja um Judiciário livre e independente. Parabéns a todos os empossados”, assinalou.
 
Para Antônio Celso Rufino e Eliana Ferreira Leão, o dia 13 de julho também será inesquecível. Eles são pais Jean de Leão Rufino, um dos mais novos magistrados empossados do Judiciário Mato-Grossense. “É uma emoção muito grande, um presente de Deus e uma sensação de dever cumprido ver que meu filho conseguiu alcançar o sonho dele. Desejo que ele tenha muito brilhantismo e que faça justiça como a justiça de Deus”, falou Eliana, emocionada.
 
Jean Leão Rufino concorda com os pais. “Depois de oito anos de estudo, conciliando com a prática da advocacia, posso dizer que hoje vivo a realização de um grande sonho. Ao sairmos da graduação a gente já tem essa expectativa e vive em função desse objetivo. Para mim e para minha família, é um sonho. Digo a todos que acreditem que é possível realizar um sonho!”.
 
Foi com grande emoção que o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargador Paulo da Cunha, empossou na tarde desta segunda-feira (13 de julho), no plenário 1 do TJMT, 26 novos juízes substitutos. Dos 1.900 candidatos inicialmente inscritos no concurso, apenas 49 foram classificados. Destes, 26 foram empossados de imediato. Os demais poderão ser convocados futuramente, conforme disponibilidade orçamentária e necessidade do Poder Judiciário Mato-Grossense.
 
Segundo o presidente do TJMT, a chegada dos novos juízes vai auxiliar no cumprimento da principal meta do Judiciário local, que é dar mais celeridade ao julgamento dos processos, diminuindo assim os estoques pendentes. “Nossa busca em melhorar o atendimento à população é constante e incansável. Estamos empossando esses novos juízes e também abrindo concurso para servidores em todas as comarcas do Estado justamente com esta finalidade, de levar justiça aos cidadãos”, garantiu Paulo da Cunha.
 
Na solenidade, o desembargador falou ainda aos empossados sobre a necessidade de formar magistrados sustentáveis para lidar com o atual contexto social. “Como devem ser os juízes para esse novo mundo? Eu respondo a vocês, eles devem ser juízes sustentáveis. E quando digo isso me refiro a um profissional ético em suas decisões, confiável, que tem senso de justiça, que é zeloso com o meio ambiente, incorruptível e, principalmente, entusiastas na construção de uma vida melhor para todos”, reforçou.

O presidente lembrou ainda do dia da posse dele. “Trocaria de lugar com vocês, se pudesse. Mas desde que também me fosse concedido o direito de trazer comigo toda a bagagem, vivências e experiências que acumulei nesses 65 anos de existência. Mas, como isso não é possível, vou ficar aonde estou. Enfim, quero lhes dizer que a missão conferida a vocês hoje não é simples, nem leve, mas vocês não estão sozinhos. Todos os magistrados do Poder Judiciário estarão ao lado de vocês para lhes apoiar no que lhes for preciso”, enfatizou.
 
A corregedora nacional da Justiça, ministra Nancy Andrighi, disse ser uma alegria e uma honra participar da solenidade de posse dos novos magistrados de Mato Grosso. “É uma honra participar deste momento tão importante da vida de todos aqui. Quero lhes advertir que vocês deixaram de ser cidadãos comuns e se tornaram um espelho social. A partir de agora o comportamento de vocês deverá ser exemplar e servir como um espelho para toda a sociedade”.

Sobre a carreira, Jean contou que “é um momento importante para todos e para o Poder Judiciário Mato-Grossense, que ganha novos juízes comprometidos em cumprir a sua função com exatidão, eficiência e serenidade. Vamos continuar nos aperfeiçoando para oferecer o melhor para a sociedade”, salientou.
 
Também estiveram presentes no evento a corregedora-geral da Justiça de Mato Grosso, Maria Erotides Kneip; o procurador-geral de Justiça, Paulo Prado; o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques; o defensor público-geral, Djalma Sabo Mendes; o procurador-geral do Estado, Patrick Ayala; o presidente do Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso, Maurício Aude, bem como outras autoridades do Poder Judiciário, Legislativo e Executivo.
 
Veja AQUI a lista dos nomes dos novos juízes do Poder Judiciário Mato-Grossense
  • TJMT empossa 26 novos juízes substitutos
  • TJMT empossa 26 novos juízes substitutos
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Coisas de Preto

Cada povo tem seu dom, sua habilidade e no Brasil temos a riqueza de todas as cores de pele,tipos de cabelo, todas as culturas do mundo, diferentes etnias. E no meu ponto de vista, a maior riqueza da humanidade é a diversidade.  Mas...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet