Notícias / Educação

03/02/16 às 23:42

Mais de 300 profissionais da educação estão em qualificação

Aline Coelho Assessoria Seduc-MT

AGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
O professor de Língua Inglesa, Márcio Evaristo Beltrão, da Escola Estadual Getúlio Vargas em Cocalinho (922 km ao nordeste de Cuiabá) terminou o mestrado em setembro de 2015 e recentemente ingressou no doutorado. Para se dedicar exclusivamente à formação, o educador solicitou licença para qualificação profissional junto a Secretaria de Estado de Educação Esporte e Lazer (Seduc), por um ano. Como Márcio, existem na pasta 307 professores e 10 técnicos administrativos em educação (Tae) em licença parcial ou integral para qualificação.

Para minimizar o tempo longe das salas de aula, Márcio optou por terminar a dissertação enquanto lecionava.  Dessa forma, o projeto “Gênero, Sexualidade e Homofobia” foi desenvolvido em Cocalinho, e acompanhado de perto pela comunidade da única escola estadual do município. O público atendido pela unidade escolar foi determinante para a produção acadêmica do professor.

“Na maioria são adolescentes pois atendemos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos. Por isso, meu objetivo é tornar os meus alunos e dessa forma a comunidade da minha região mais abertos à diversidade”, explica Márcio Evaristo.

Professor em Cocalinho desde 2010, Mário nasceu em Britânia, interior de Goiás que possui pouco mais que cinco mil habitantes. Enquanto lecionava no município de Mato Grosso começou a estudar Letras em Espanhol e no ano de 2013 decidiu seguir se aperfeiçoando. Foi quando tentou uma vaga no mestrado da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e se classificou em 1º lugar.

Logo que terminou o mestrado o professor foi aprovado em 2º lugar no processo seletivo de doutorado de Estudos da Linguagem, também da Universidade Federal de Mato Grosso, campus de Cuiabá. O educador destaca que ele foi o único professor da rede pública de ensino a ingressar nesse doutorado, e até os concorrentes eram dos Institutos Federais, UNEMAT e UFMT.

Por isso, Márcio acredita na importância da divulgação de histórias como a dele, como forma de incentivo e motivação para os professores da rede estadual prosseguirem se especializando.  “Acredito que a formação continuada é o caminho para um ensino de qualidade nas escolas da rede estadual, por isso, sempre busquei me aperfeiçoar”.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Dalva Peres, em 04/02/16 às 14:06

    Meu colega de trabalho, Márcio Beltrão. Um grande exemplo....um vencedor! Boa sorte!

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Espada de são jorge, pimenta, ferradura...

Para quem não conhece como funcionam as energias, pode ser pego de surpresa por alguns acontecimentos, afinal não é porque não acreditemos em certas coisas que elas não...

 

Enquete

Quem você gostaria que fosse o próximo presidente do Brasil

 
 
 
Sitevip Internet