Notícias / Agricultura

26/01/16 às 09:05

Acrismat consegue junto a Conab a realização de leilão de milho para suinocultores de MT

A venda atende pedido da Acrismat; 150 mil toneladas de grãos serão leiloados

Ícone Assessoria de Imprensa

ÁGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
A Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) conseguiu junto a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a realização de dois leilões de milho para os suinocultores de Mato Grosso. Por meio eletrônico, serão leiloados um total de 150 mil toneladas em grãos no dia 1º de fevereiro. A previsão para o início de lances é de 09h – no horário de Brasília.

A oferta atendeu a um ofício entregue na última terça-feira (19.01) a Conab pela Acrismat. Isto porque a categoria estava preocupada com a falta do cereal no mercado interno de Mato Grosso e também com a possibilidade do grão ser escoada para outras regiões – inclusive para o exterior.

Poderão participar dos leilões, os avicultores, suinocultores, bovinocultores de leite e de corte, cooperativas de criadores de aves, suínos e bovinos de leite e de corte, indústria de ração para avicultura, suinocultura e bovinocultura e indústria de insumo para ração animal.

Segundo o presidente da Acrismat, Raulino Teixeira, a realização dos leilões tem vital importância para os suinocultores ao passo que o mercado está desabastecido.

“Esse é o papel da Acrismat. Lutar pela categoria e apesar dos leilões não serem apenas para suinocultores, que precisam de 60 mil toneladas, já se cria uma situação positiva para o produtor poder renovar seus estoques”, disse o presidente.

O leilão também atende a outra preocupação que é a inviabilidade da criação de suínos caso o preço do milho suba. O quilo do suíno vivo está sendo comercializado, em média, por R$ 3,30. Sendo que o custo de produção chega a R$ 2,90. E com uma possível elevação no valor do milho - segundo Imea o cereal está custando em média nesta última semana R$ 20,56 - haverá uma pressão sobre o preço, tornando as margens de lucro menores.

“Essa é uma oportunidade para que seja feita a compra de milho com um bom preço e assim a carne suína produzida aqui fique mais competitiva no mercado nacional”, ressalta Raulino.

O presidente ainda alerta o produtor para que esteja com toda sua documentação em dia para participar dos leilões.

Já o diretor executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues, lembra que Mato Grosso está entre os cinco maiores produtores da carne suína do país. Hoje são criadas 130 mil matrizes suínas, com a tendência de alcançar a marca de 200 mil nos próximos anos.

A data limite para o pagamento do lance é de 10 de fevereiro e o produto poderá ser retirado após a emissão da nota fiscal.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pirâmides. Mistério.

          A cada momento cientistas e estudiosos nas respectivas áreas, nos trazem informações valiosíssimas a respeito do...

 
 
 
 
Sitevip Internet