Notícias / Governo Federal

28/09/20 às 14:03 / Atualizada: 28/09/20 às 14:32

DNIT antecipa a entrega das obras de restauração do Anel Viário de Goiânia e de Aparecida de Goiânia

Empreendimento faz a ligação entre a BR-153 e a BR-060, em Goiás

Assessoria DNIT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
DNIT antecipa a entrega das obras de restauração do Anel Viário de Goiânia e de Aparecida de Goiânia

Foto: Assessoria DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) concluiu antecipadamente os serviços de restauração e as obras de adequação dos retornos existentes no Anel Viário de Goiânia e de Aparecida de Goiânia. O empreendimento conta com 16,90 quilômetros de pista dupla.

O local, além do trânsito da região, apresenta tráfego intenso de veículos leves e de carga vindos da BR-060/GO e da BR-153/GO, importantes corredores logísticos do país e que favorecem o transporte de bens e serviços para toda a população.

Com o intuito de ampliar a vida útil do pavimento e a segurança no Anel Viário, o DNIT executou a recuperação e a manutenção do pavimento das pistas de rolamento, bem como a conservação rotineira.

A Autarquia realizou a implantação de barreiras de proteção em concreto em pontos estratégicos, com vistas a coibir o tráfego de veículos e motos em locais inadequados. O DNIT também executou a adequação dos retornos existentes, tendo em vista que os antigos não possuíam faixa de aceleração e desaceleração.

Como o contrato de restauração e manutenção do Anel Viário possui vigência até outubro de 2021, a Autarquia realizará a manutenção rotineira da via até o final dele.

2908GO1.jpeg

Os serviços e as obras executadas permitem que o pavimento suporte de forma adequada por cinco anos ou mais o volume do tráfego existente sem a necessidade de intervenções de alto custo. Além desse benefício, proporcionará maior segurança e conforto aos usuários que trafegam pela via.

O conjunto de obras e serviços realizados pelo DNIT ao longo do Anel Viário contam com um investimento total de R$ 27.962.327,49.


 
Ferrovia de Integração do Centro-Oeste

Fonte : Sagres Online

Foto: Rafael Bessa, Sagres Online
Na oportunidade, o ministro Tarcísio de Freitas adiantou uma possível volta ao estado de Goiás para assinatura do contrato de construção da ferrovia de integração do Centro-Oeste. “Em novembro nós queremos estar aqui novamente para assinar o contrato de algo que será emblemático e inovador para o Estado, que é o contrato de construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste”.

De acordo com o ministro, a ferrovia terá capacidade de transportar até 13 milhões de toneladas de cargas. Ela deve ligar o Vale do Araguaia (GO), Água Boa (MT) e Mara Rosa (GO). “Ela vai se integra a outro empreendimento que estamos construindo, que é a Ferrovia de Integração Oeste-Leste, que virá de Ilhéus, na Bahia, em direção a Ferrovia Norte Sul”, destacou.
Imprimir Enviar para um amigo

Vídeo Relacionado

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet