Notícias / Policial

08/09/20 às 10:19 / Atualizada: 08/09/20 às 19:30

Nova Xavantina - Polícia Civil prende padrasto suspeito de estupro de menina de 11 anos e apreende arma de fogo

Assessoria Polícia Civil de Nova Xavantina

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Nova Xavantina - Polícia Civil prende padrasto suspeito de estupro de menina de 11 anos e apreende arma de fogo

Foto: Assessoria Polícia Civil de Nova Xavantina

A Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina prendeu um Homem na tarde de segunda-feira (07.09) após receber uma denúncia de um caso de estupro de uma menina de 11 anos, numa propriedade localizada na zona rural do município.

Os policiais receberam uma denúncia relatando que numa fazenda localizada nas proximidades do córrego Voadeira morava uma família onde a mulher era portadora de necessidades especiais (auditiva e na fala) e que o esposo dela teria violentado sexualmente a sua enteada, sendo que após sua esposa intervir no ato criminoso, foi agredida fisicamente pelo suspeito, o qual ainda tentou esganá-la.

Sendo assim, a Polícia Judiciária Civil diligenciou até a referida propriedade, logrando êxito em prender o agressor em flagrante e libertar a mulher e a filha daquela situação, pois ao verem os policiais a mulher correu ao encontro da equipe pedindo socorro e com gestos, descrevendo a situação penosa que passara, mostrando ainda os hematomas na pele.

Ao revistarem a sede da fazenda, os policiais encontraram ainda uma arma de fogo (adaptada) calibre .22, juntamente com 4 munições intactas, a qual foi devidamente apreendida.

Os investigadores levaram a vítima até o hospital para passar pelos exames realizados pela Politec, onde se constatou várias lesões nas partes íntimas da criança, confirmando a suspeita de estupro.

A prisão foi ratificada pela Autoridade Policial, a qual determinou a competente lavratura do Auto de Prisão em Flagrante pela pratica dos crimes de estupro de vulnerável (art 217-A do CP), lesão Corporal (129 §9º da Lei Maria da Penha) e pelo crime de Posse ilegal de arma de fogo (art. 12 da lei 10.826/2003), sendo que após passar pelos procedimentos de praxe será encaminhando para o presídio Major Zuzi Alves da Silva na cidade de Água Boa/MT, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Gilberto Figueiredo

Oficialização de Pazuello em Ministério garante continuidade de ações na Saúde

Foi com satisfação que recebi a notícia da permanência e oficialização de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde. O gestor, que antes atuava como interino, assumiu oficialmente a pasta na...

 
 
 
 
Sitevip Internet