Notícias / Policial

13/08/20 às 22:08 / Atualizada: 13/08/20 às 22:16

Guarantã do Norte - Ex-marido invade casa e mata mulher com tiros de espingarda

De acordo com a polícia, havia várias bolsas em cima da cama e uma mala ao lado, indicando que a ela estava se organizando para ir embora. Segundo relato das testemunhas, os desentendimentos entre o suspeito e a vítima eram constantes.

G1 MT

Imprimir Enviar para um amigo

Carla Andreia Monteiro, 46 anos, foi morta com tiros de espingarda em Guarantã do Norte — Foto: Arquivo pessoal
 
Uma mulher foi morta na noite dessa quarta-feira (12) pelo ex-marido dela em Guarantã do Norte, (MT). De acordo com a Polícia Civil, Carla Andreia Monteiro, 46 anos, foi morta com tiros de espingarda.
 
Segundo o registro do boletim de ocorrência, o crime, tido como feminicídio, ocorreu por volta de 20h55 na casa de Carla, no bairro Jardim Vitória. O suspeito, de 42 anos, não foi preso até esta quinta-feira (13).
 
O suspeito chegou à residência da vítima, quebrou o cadeado do portão e entrou. Os vizinhos ouviram dois disparos. Carla foi encontrada no quarto da casa, deitada na cama. Ela tinha sido baleada na região do peito.
 
Marcas do arrombamento na casa da vítima assassinada em Guarantã do Norte — Foto: Divulgação
Marcas do arrombamento na casa da vítima assassinada em Guarantã do Norte — Foto: Divulgação
 
De acordo com a polícia, havia várias bolsas em cima da cama e uma mala ao lado, indicando que a ela estava se organizando para ir embora.
 
Segundo relato das testemunhas, os desentendimentos entre o suspeito e a vítima eram constantes.
 
A Polícia Civil de Guarantã do Norte investiga o crime.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Melancolia

          O poeta cantou assim: “tem dias que a gente se sente, como que partiu ou morreu...”. De fato às vezes nos desligamos do mundo como se não estivéssemos mais aqui...

 
 
 
 
Sitevip Internet