Notícias / Meio Ambiente

13/08/20 às 16:20

Forças Armadas combatem incêndios diariamente na região do Pantanal

Por Tenente Fraga

AguaBoaNews / Brasília

Imprimir Enviar para um amigo
Forças Armadas combatem incêndios diariamente na região do Pantanal

Operação Pantanal

Foto: Marinheiro Benites - ComSoc 6°DN

Brasília (DF), 13/08/2020 – O Ministério da Defesa, por meio das Forças Armadas, continuou, na quarta-feira (12), com o combate a focos de incêndio que atingem o Pantanal de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Em parceria com agências federais e estaduais, integrantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica também empregam aeronaves que transportam brigadistas e despejam água, durante os sobrevoos, para conter as chamas.

Além disso, foi realizado combate de incêndio nas localidades de Bodoquena e na Reserva Kadiwéu, em Mato Grosso do Sul. O 6º Distrito Naval, localizado em Ladário (MS), promoveu o patrulhamento terrestre nas localidades de Corumbá (MS) e Poconé (MT). Em outra atividade, foram realizados reconhecimentos pelo pessoal da equipe de combate a incêndios na cidade de Poconé (MT).

As ações de apoio contam com mais de 445 profissionais, entre militares, brigadistas e civis, e com o emprego de cinco aeronaves das Forças Armadas em voos de reconhecimento, transporte de militares/brigadistas e lançamentos de água.

Operação Pantanal

As Forças Armadas atuam, desde o dia 25 de julho, no combate a incêndio no Pantanal sul-mato-grossense. No dia 5 de agosto, as ações foram estendidas ao Pantanal mato-grossense. O Ministério da Defesa atende à solicitação recebida pelos dois estados.

O Centro de Coordenação da Operação está instalado no aeródromo do Sesc Pantanal, em Poconé (MT), ponto estratégico para o emprego dos meios. Participam da operação embarcações e helicópteros das Forças Armadas, além de Fuzileiros Navais com curso em incêndio florestal.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Juacy da Silva

DIA DA ÁRVORE, DESMATAMENTO E QUEIMADAS

“Seu eu soubesse que o mundo iria acabar amanhã, hoje eu plantaria uma arvore”, Martinho Lutero, líder a Reforma Protestante, que viveu entre 1483 e 1546, poucos anos depois do descobrimento do Brasil, demonstra que a...

 
 
 
 
Sitevip Internet