Notícias / Meio Ambiente

10/08/20 às 13:28

Polícia Civil apreende toras de madeira em operação de combate a crime ambiental em Comodoro

Assessoria Polícia Civil

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Polícia Civil apreende toras de madeira em operação de combate a crime ambiental em Comodoro

Foto: Assessoria Polícia Civil

A Polícia Civil de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) deflagrou uma operação de combate aos crimes ambientais, na manhã de sexta-feira (07.08), na zona rural do município, região da Gleba 12 de outubro. No trabalho policial foram apreendidas 27 toras de madeira irregulares, uma motosserra e um caminhão trator com guincho. 

Duas pessoas foram detidas e conduzidas para esclarecimentos, sendo um deles autuado por falta de habilitação para dirigir veículo automotor. A Delegacia de Polícia de Comodoro investiga a prática de crimes contra o meio ambiente, em especial a extração de florestas de domínio público ou preservação permanente sem prévia autorização, pedra, areia, cal ou qualquer espécie de minerais.
 
Os policiais civis foram para acompanhamento da perícia de engenharia legal e meio ambiente em uma área de "grilo", na estrada aberta sentido cidade de Vilhena (RO). No local, foram constatadas a retirada ilegal de madeiras, sendo encontradas 27 toras e uma motosserra sem a corrente. No momento da chegada das equipes no local não havia ninguém. As toras de madeiras foram apreendidas, mas ficaram no local por impossibilidade de remoção.

Em continuidade as diligências foram identificados vários lugares de retiradas de madeiras, inclusive com marcas de pneus de trator. No decorre ainda na região de grilo, foi realizada a abordagem de um caminhão Ford/Cargo com dois ocupantes que transportavam na carroceria do veículo um trator Ford 6600 . Na ocasião foi verificado que o motorista conduzia o veículo sem a carteira nacional de habilitação (CNH). 

Perguntados sobre o destino, ambos contaram que tinham sido contratados  para limpar uma área nas proximidades de uma fazenda vizinha da área de grilo. Diante dos fatos os dois homens foram conduzidos para Delegacia de Comodoro para serem ouvidos.

As investigações continuam com objetivo de identificar e prender pessoas envolvidas em crimes de extração ilegal de madeiras na região.


 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Juacy da Silva

DIA DA ÁRVORE, DESMATAMENTO E QUEIMADAS

“Seu eu soubesse que o mundo iria acabar amanhã, hoje eu plantaria uma arvore”, Martinho Lutero, líder a Reforma Protestante, que viveu entre 1483 e 1546, poucos anos depois do descobrimento do Brasil, demonstra que a...

 
 
 
 
Sitevip Internet