Notícias / Água Boa

02/08/20 às 18:22

Deputado comemora decisão do TCU garantindo a construção de Ferrovia na região Araguaia

Diego Saporski, da assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Deputado comemora decisão do TCU garantindo a construção de Ferrovia na região Araguaia

Foto: Assessoria

O deputado estadual Dr. Eugênio Paiva (PSB), morador da cidade de Agua Boa e único representante politico estadual de Mato Grosso da Região Araguaia comemorou a decisão do Tribunal de Contas da União que antecipou na ultima semana, autorização de renovação dos contratos de concessão da Estrada de Ferro Carajás (EFC) no Pará, e da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) entre Minas Gerais e o Espirito Santo.

O parlamentar informou que a decisão vai ajudar diretamente na construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) uma das principais necessidades de infraestrutura de Mato Grosso e da região Araguaia.

As duas ferrovias são administradas pela Vale S/A, e de acordo com os direitos de concessão a serem pagos pelos novos contratos a empresa terá que investir parte dos recursos cerca de R$ 2,73 bilhões na construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) entre Mara Rosa (GO) e Água Boa (MT).

A nova Ferrovia vai ser responsável pelo escoamento da produção de grãos do Vale do Araguaia até a Ferrovia Norte-Sul, criando acesso aos principais portos do Brasil, além disso, a Vale S/A, terá que investir na construção de outro trecho ferroviário entre Cariacica e Anchieta, no Espírito Santo.

Os novos trechos de ferrovias a serem construídos, vão reforçar a infraestrutura e a logística de transporte de duas grandes regiões produtoras do Brasil, a construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste - FICO, vai ser interligada a diversas Rodovias Estaduais e Federais que cortam o estado de Mato Grosso.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirma que “o investimento cruzado, utilizando outorgas de concessões ferroviárias, é uma das principais estratégias do governo federal para dobrar a participação desse modo na matriz de transportes nacional.” Freitas também disse que os novos contratos considerados mais modernos e com um alinhamento aos interesses públicos, prevendo ainda novos investimentos de R$ 9,8 bilhões na EFC e de R$ 8,5 bilhões na EFVM.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Juacy da Silva

DIA DA ÁRVORE, DESMATAMENTO E QUEIMADAS

“Seu eu soubesse que o mundo iria acabar amanhã, hoje eu plantaria uma arvore”, Martinho Lutero, líder a Reforma Protestante, que viveu entre 1483 e 1546, poucos anos depois do descobrimento do Brasil, demonstra que a...

 
 
 
 
Sitevip Internet