Notícias / Agricultura

24/07/20 às 12:54

Estado e Coopernova assinam parceria para transferência de embriões

Naiara Martins | SEAF-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Estado e Coopernova assinam parceria para transferência de embriões

Foto: Seaf

O Governo de Mato Grosso e a Cooperativa Agropecuária Mista Terranova Ltda – COOPERNOVA, assinaram nesta quinta-feira, 23.07, no município de Terra Nova do Norte, o Termo de Cooperação para a execução do programa de transferência de embriões. Com a assinatura, a Cooperativa se torna parceira da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SEAF) na execução do Programa ‘MT Produtivo Leite’, que reúne uma série de investimentos, entre eles, a doação de material genético para a renovação do rebanho leiteiro.  
 
O termo firmado pelo secretário da SEAF, Silvano Amaral, o presidente da COOPERNOVA, Daniel Silva, e o vice-presidente Milton Dalmolin garantirá o atendimento dos agricultores familiares localizados na região Norte e interessados em investir no melhoramento genético das matrizes. Estão previstas a entrega de 800 prenhezes. A estratégia da SEAF é utilizar a organização regional e o conhecimento técnico das cooperativas para expandir o atendimento ao agricultor.
 
A aposta do programa é garantir que os produtores tenham acesso a animais geneticamente superiores, que irão assegurar a formação de novos rebanhos com maior potencial produtivo. A inserção de boas práticas para o manejo das propriedades também faz parte do programa.
 
No total, a parceria entre Estado e Cooperativas prevê a entrega de quatro mil prenhezes à Agricultura Familiar de Mato Grosso. As prenhezes serão obtidas a partir da transferência de embriões para as matrizes receptoras, pré-selecionadas no rebanho do próprio produtor. Nas transferências serão utilizados embriões produzidos com sêmen sexado de fêmea, da raça Girolando Meio Sangue (CCG 1/2 – Cruzamento com Controle de Genealogia).
 
Para cada prenhez adquirida pelo Governo do Estado, a cooperativa irá financiar a compra de mais uma para o produtor. O financiamento da segunda prenhez será contratado direto pelo produtor junto a cooperativa, em condições acessíveis. A raça definida pelo Programa ‘MT Produtivo Leite’ é reconhecida pela alta produtividade, rusticidade, precocidade, longevidade e fertilidade, além da capacidade de adaptação a diferentes tipos de manejo e ao clima do Centro Oeste.
 
Na região Araguaia, o programa de transferência de embriões está sendo executado em parceria com a Cooperativa CAMPILEITE (Cooperativa dos Produtores de Campinápolis), do município de Campinápolis, e prevê a entrega de 400 prenhezes.
 
O programa tem o acompanhamento técnico da Empaer (Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural), que atua na orientação aos produtores sobre o manejo sanitário e nutricional do rebanho, entre outras ações que deverão ser desenvolvidas na propriedade. Entre os critérios para a seleção dos produtores beneficiários estão a vocação para a lida com o leite e a capacidade de manejo sanitário e nutricional (condições de boa alimentação) das matrizes.
 
Em números, a COOPERNOVA reúne mais de 2,5 mil associados, capta uma média de 4,5 milhões de litros/mês em 32 municípios mato-grossenses e outros três do Pará. Entre seus principais produtos estão o queijo mussarela, queijo prato, manteiga, requeijão, doce de leite, nata, provolone, iogurte, bebida láctea, leite condensado, leite em pó e soro em pó. Parte da produção é consumida em Mato Grosso, e outra parte distribuída entre os estados do Pará, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Paraná e Minas Gerais. 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet