Notícias / Meio Ambiente

22/07/20 às 09:52

Entenda as regras para criação de animais silvestres

Autorização para criar cobras não venenosas em casa é emitida por órgãos ambientais estaduais

Assessoria Ibama

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Entenda as regras para criação de animais silvestres

Foto: Diego Azevedo - Ascom/Ibama

Seja em residências ou em criadouros habilitados, quem tem interesse em manter animal silvestre precisa seguir regras específicas. Ter uma cobra em casa, por exemplo, é possível, mas desde que o animal não seja venenoso. O Ibama explica os procedimentos para obter autorização e também alerta para o risco à saúde pública quando a criação é feita de maneira ilícita ou inadequada.

Cobras peçonhentas, como a naja encontrada no Distrito Federal após picar um estudante, somente podem ser mantidas em locais habilitados, como centros de pesquisa ou para fins comerciais da indústria farmacêutica, que produz remédios à base do veneno. Importar serpentes de espécies desconhecidas no país, além de ser considerado crime de tráfico de animais silvestres, implica no perigo de pessoas serem picadas e não haver soro antiofídico capaz de salvá-las. Nos últimos dias, mais de 30 serpentes foram resgatadas pelo Ibama em ações conjuntas com polícia e órgão ambiental local, no DF. Algumas delas exóticas, oriundas de continentes como África e Ásia.

Para manter cobras em residência, estas deverão ser adquiridas em locais autorizados pelo órgão ambiental estadual e oriundas de criadouros legais, além de serem espécies não venenosas. É preciso também apresentar um protocolo que garanta a segurança no manuseio dos animais e adoção de medidas para manter um ambiente adaptado.

Existe ainda a hipótese de criadouros devidamente autorizados receberem animais silvestres, vítimas de maus-tratos e que não podem voltar à natureza por sequelas em acidentes, como atropelamento em uma rodovia. Os Centros de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetas), vinculados ao Ibama, também podem abrigar os bichos da fauna brasileira para recuperá-los. As mais de 20 unidades espalhadas pelo país recebem por ano, em média, 50 mil animais. Cerca de 60% são devolvidos à natureza.

Conscientização

Quem mantém animais silvestres sem permissão e tenha adquirido-os de forma clandestina, pode entregá-lo espontaneamente ao Ibama mais próximo e, conforme a legislação, não ser responsabilizado.

Se alguém suspeitar de venda, criação, reprodução de animais silvestres de maneira ilegal, pode ajudar os órgãos de fiscalização a combater as práticas. O Ibama recebe denúncias pelo canal Linha Verde, no telefone 0800-618080.

O que diz a legislação

Acesse aqui o Decreto 6514/08 que dispõe sobre as infrações e sanções administrativas ao meio ambiente, bem como estabelece o processo para apuração destas infrações.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet