Notícias / Meio Ambiente

16/07/20 às 10:14 / Atualizada: 16/07/20 às 10:38

O RS do espaço: a foto da Nasa que mostra lagoas gaúchas e chamou atenção na web

Na captura é possível enxergar até o Guaíba, na Capital

Camila Kosachenco

gauchazh.clicrbs.com.br

Imprimir Enviar para um amigo
O RS do espaço: a foto da Nasa que mostra lagoas gaúchas e chamou atenção na web

Imagem mostra trecho do Uruguai e se estende até Santa Catarina

Foto: Nasa / Divulgação

Uma fotografia tirada no dia último dia 3 pela Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), da agência espacial norte-americana, a Nasa, mostra em detalhes toda a costa gaúcha e os três grandes corpos lagunares do litoral do Rio Grande do Sul. Na imagem, é possível identificar as lagoas Mirim, Mangueira e dos Patos, e mesmo até a ilha de Florianópolis, em Santa Catarina. 
 
 —  É uma imagem privilegiada, uma bela imagem!  —  destaca Adriano Luís Heck Simon, professor do Departamento de Geografia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). 
 
Ele explica que, bem à esquerda, dá para identificar a lagoa Mirim. A faixa de água mais estreita e comprida abaixo dela é a Mangueira, entre Santa Vitória do Palmar e Rio Grande. 
 — A parte que aparece em branco entre elas é o Taim  —  indica.
 
A professora titular do Instituto de Geociências, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Silvia Beatriz Alves Rolim, do programa de pós-graduação em Sensoriamento Remoto, observa que a foto flagra um acúmulo de água nessas áreas. Conforme a docente, normalmente, a Mangueira e a região do Taim, quando vistas por satélites, apresentam muita vegetação, ao contrário do flagrante da Nasa  —  a imagem foi feita poucos dias após a passagem do ciclone-bomba pelo Estado. 
 
 —  Nesta cena dá para ter uma ideia dos efeitos acumulados da chuva. As imagens de satélite são importantes para entender o balanço de energia na superfície terrestre e nos oceanos. Conseguimos ver e investigar vários fenômenos importantes em imagens orbitais semelhantes à essa foto  —  comenta.
 
A terceira e maior lagoa fotografada é a dos Patos. Nela, é possível identificar o encontro com o Atlântico, nos molhes de Rio Grande, até as águas litorâneas em Capivari do Sul e Palmares do Sul. Também pode-se observar o Guaíba até o Delta do Jacuí. 
 
Por fim, bem à direita da imagem, ou subindo em direção ao norte brasileiro, ainda se vê Florianópolis, capital catarinense.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet