Notícias / Saúde e Ciência

15/07/20 às 15:33

Sem 'Festinhas' - Aglomerações podem render multa de até R$ 3 mil em Barra do Garças

As penalidades variam de 500 a 3 mil reais, dependendo do grau de incidência e reincidência do morador.

Andrezza Dias

Semana7

Imprimir Enviar para um amigo
Sem 'Festinhas' - Aglomerações podem render multa de até R$ 3 mil em Barra do Garças

Foto: Divulgação

Já está em vigor a lei nº 4.182/2020 que permite a aplicação de multa para quem promover ou participar de aglomerações de pessoas durante a pandemia do novo coronavírus em Barra do Garças. As penalidades variam de 500 a 3 mil reais, dependendo do grau de incidência e reincidência do morador. Aprovada previamente pela Câmara de Vereadores, a lei foi sancionada pelo prefeito Roberto Farias no dia 7 de julho.

A lei dispõe sobre a intensificação contra a prática de condutas que descumpram as medidas sanitárias de prevenção da proliferação do contágio pelo novo coronavírus estabelecidas pelo Ministério da Saúde, Governo do Estado de Mato Grosso e Barra do Garças, que proíbem as atividades que resultem em aglomeração de pessoas, como festas ou reuniões.

De acordo com o texto, quem causar aglomeração superior a nove pessoas em festas, eventos, confraternizações e qualquer outro tipo reunião dessa natureza, em residências, casas de eventos, sítios, apartamentos, fazendas, dentre outras áreas de uso comum pode ser punido conforme estabelecido.

Caso o local em que ocorrer o descumprimento das determinações sanitárias de prevenção e combate à propagação do vírus tiver fins comerciais, acarretará em interdição total ou parcial do estabelecimento, bem como a suspensão ou cancelamento do alvará sanitário e de funcionamento.

Já nos casos em que a aglomeração tiver a presença de pessoas que são suspeitas de ter a doença e que estejam sendo monitoradas ou foram notificadas pela Secretaria Municipal de Saúde tanto em local de uso residencial ou comercial, o fiscal poderá aplicar multa gravíssima a todos os indivíduos presentes, podendo acionar a Polícia Militar e Civil para lavrar boletim de ocorrência.

Os valores das multas que poderão ser aplicadas:

Para multas leves, de R$ 500,00 (quinhentos reais);
Para multas graves, de R$ 1.000,00 (um mil reais);
Para multas gravíssimas, de R$ 3.000,00 (três mil reais).  

Clique AQUI para ver a lei.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Depois do passamento

           Seguidamente nos perguntam a respeito de questões sobre a vida no além-túmulo, e isso geralmente acontece quando alguém perde um ente querido, principalmente...

 
 
 
 
Sitevip Internet