Notícias / Saúde e Ciência

14/07/20 às 18:49

Parceria entre Unemat e TRT-MT vai viabilizar realização de testes PCR para Covid

Lygia Lima, Unemat

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Parceria entre Unemat e TRT-MT vai viabilizar realização de testes PCR para Covid

Foto: Divulgação

A Universidade do Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reyes Maldonado vai realizar testes PCR para SARS Covid. A ação está sendo viabilizada graças a uma parceria entre a Unemat e o Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso que vai financiar o projeto “Saúde Pública e Educação: investimento em testagem da Covid-19 e em infraestrutura universitária”.

As adequações necessárias no laboratório para que o mesmo tenha condições de realizar os testes já estão sendo providenciadas pela Unemat. Esse projeto vai atender 15 municípios da Região Oeste de Mato Grosso: Araputanga, Cáceres, Curvelândia, Figueirópolis D´Oeste, Glória D´Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari D´Oeste, Mirassol D´Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos e Pontes e Lacerda.

A professora Leonarda Grillo Neves, coordenadora técnica do projeto, explica que a coleta desses testes será realizada pelos municípios conforme a orientação do Laboratório Central. “Nós da Unemat, estamos colocando nossa estrutura física, nosso conhecimento e expertise a serviço da população neste momento. Inicialmente nossa capacidade é para realizar mil testes, mas esse número pode aumentar conforme forem estabelecidas novas parcerias para compra de insumos”.

O convênio entre a Unemat e o TRT-MT foi assinado ontem (13) e o processo de aquisição dos equipamentos e insumos já está em andamento. A expectativa é que os testes possam ser realizados a partir deste mês, de acordo com o reitor da Unemat,  professor Rodrigo Zanin. Ele ressaltou a importância da parceria com o TRT, que vai destinar R$ 565.290,95 para o projeto. “O TRT está atento ao seu papel social e tem adotado uma postura promocional destinando valores para o auxílio no combate frente a pandemia do Coronavírus”, afirmou.

O reitor ainda parabenizou aos professores, servidores e acadêmicos envolvidos, que se dedicaram para submeter o projeto ao TRT assegurando condições para que a Unemat possa contribuir com o conhecimento neste momento de crise e enfrentamento da pandemia.

A professora Leonarda lembra que a testagem da população é muito aquém do que tem sido recomendado, e o cenário é ainda mais crítico no que diz respeito aos testes moleculares como o RT-PCR, que identifica a presença do vírus no organismo da pessoa, e pode identificar se a infecção está ativa, possibilitando o bloqueio das cadeias de transmissão com o isolamento.

Informações técnicas

Para a identificação do SARS-CoV-2 via RT-PCR é necessário a coleta de secreções de vias respiratórias (boca e nariz), extração e purificação do RNA destas amostras, transcriptase reverse do RNA e, após isso, a amostra é submetida a uma reação de PCR junto com fragmentos complementares ao vírus para amplificação de regiões específicas do vírus (World Health Organization). Para a PCR, a mistura é então submetida ao equipamento de RT-PCR para a leitura de fluorescências das amostras. As análises de PCR podem ser realizadas em singleplex ou multiplex, dependendo do equipamento e kit.

Estrutura laboratorial da Unemat

As análises serão realizadas no laboratório de biologia molecular vegetal da Unemat, câmpus de Cáceres, que conta com equipamentos como autoclave, ultrafreezers, microcentrífugas, terrmocicladores, estufas, capela, câmara de fluxo laminar, dentre outros de laboratórios de análises moleculares.

Equipe envolvida

Além da coordenadora técnica, professora Leonarda Grillo Neves, do coordenador operacional, Francisco Lledo dos Santos, participam ainda Kelly Lana Araújo, Thiago Alexandre Santana Gilio, Marco Antônio Aparecido Barelli, Tanismare Tatiana de Almeida e o servidor técnico Valter Danzer, na parte de apoio operacional.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet