Notícias / Educação

12/07/20 às 08:31 / Atualizada: 12/07/20 às 08:37

Seduc apresenta plano de volta às aulas não presenciais à AMM, MPE e municípios

Secom-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Seduc apresenta plano de volta às aulas não presenciais à AMM, MPE e municípios

A previsão de retorno das aulas não presenciais é para o dia 3 de agosto

Foto: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT

A Secretaria de Estado de Educação promove na próxima semana uma rodada de discussões em torno da retomada das aulas de forma não presencial (online e off-line) e planejamento para reabertura das escolas com a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Ministério Público do Estado (MPE) e representantes municipais.

A previsão de retorno das aulas não presenciais é para o dia 3 de agosto. O plano estratégico elaborado pela Seduc também traz o planejamento para o retorno das aulas presenciais.

Porém, conforme destacou a secretária de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, ainda não há previsão para o retorno dessas aulas. Essa definição será validada entre o Estado e os municípios.
Além da AMM e do Ministério Público, a apresentação por webconferência também será feita aos prefeitos que quiserem participar, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-MT) e União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme-MT).

“Vamos apresentar o planejamento que achamos viável e estamos abertos às sugestões das entidades, pois é necessário que os estudantes retomem o calendário escolar. O governador Mauro Mendes nos pediu e estamos tratando desse assunto junto com os municípios”, disse Marioneide.

De acordo com a secretária, o plano estratégico foi construído com embasamento e amparo legal na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), nos decretos dos Governos Federal e Estadual, no parecer do Conselho Nacional de Educação e na Resolução do Conselho Estadual de Educação.

As aulas não presenciais serão organizadas em cinco etapas: produção do material escolar, com a organização semanal de estudos e planejamento do professor; disponibilização do material escolar; atendimento ao estudante; intervenção pedagógica; e registro em tempo real no final do semestre.
Essas aulas serão disponibilizadas na plataforma digital Aprendizagem Conectada (online) e com materiais apostilados impressos (off-line). A Seduc também vai continuar ofertando as videoaulas pela TV Assembleia.

“As aulas off-line preveem a entrega de apostilas para os alunos que não têm acesso à internet. Os professores também poderão trabalhar com os alunos via whatsapp, fazendo estudo dirigido”, explica a secretária.

Durante toda esta semana, ela e a equipe da Seduc se reuniram com os assessores pedagógicos e diretores de todas as unidades educacionais da rede estadual para orientações e apresentação do plano.

O planejamento também prevê a contratação dos professores interinos, que passarão por qualificação sobre o uso de tecnologias que serão usadas nas aulas não presenciais, como o uso de recursos tecnológicos da Microsoft Teams.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Ronivaldo Lemos

Médico todo dia

Muito cedo eu tomei a decisão de ser médico. Estudei muito para entrar na Universidade Federal de Mato Grosso e me esforcei igualmente para me formar. Ali, nos corredores do Hospital Universitário, eu reafirmava todos os dias a...

 
 
 
 
Sitevip Internet