Notícias / Assembleia Legislativa MT

03/07/20 às 08:47

​​​​​​​Comissão de Saúde pede que ALMT ajude povos indígenas no combate à Covid-19

Assessoria AL

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
​​​​​​​Comissão de Saúde pede que ALMT ajude povos indígenas no combate à Covid-19

Foto: Fablicio Rodrigues/AL

A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso vai apresentar requerimento ao presidente, deputado Eduardo Botelho (DEM), para que o Parlamento Estadual forneça medicamentos, insumos e materiais de higiene às comunidades indígenas do estado para auxiliar na prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19).

A sugestão foi feita pelo presidente da comissão, deputado Dr. Eugênio (PSB), e aprovada por unanimidade durante reunião extraordinária nesta quinta-feira (02). A preocupação foi motivada por informações e notícias sobre a morte de indígenas e as dificuldades enfrentadas nas aldeias, especialmente pela comunidade Xavante do Parque Nacional do Xingu.

Segundo o parlamentar, está sendo criado um ambulatório na aldeia Leonardo, onde já há pacientes internados com suspeita de Covid-19, no entanto faltam medicamentos e exames disponíveis para comprovação da infecção, bem como materiais de higiene, como máscaras, hipoclorito, álcool gel e sabonete, e insumos, como óleo diesel, para manter os geradores ligados durante 24 horas e possibilitar atendimento aos pacientes internados. Há ainda uma grande resistência à transferência dos pacientes para tratamento na cidade, devido à cultura indígena.

A situação também motivou o deputado a apresentar requerimento solicitando a convocação do secretário de estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, para prestar esclarecimentos sobre a situação da pandemia de Covid-19, durante reunião remota que ocorrerá nesta sexta-feira (03) e contará com a participação de representantes da FUNAI e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), além de prefeitos dos municípios de Água Boa, Canarana, Querência e Barra do Garças.

A Comissão de Saúde também aprovou requerimento para que a Assembleia Legislativa adquira exames, materiais de higiene, insumos e medicamentos com a finalidade de ofertar assistência médica a servidores públicos ativos e inativos do Parlamento Estadual e atender eventuais demandas externas.

Repúdio – A Comissão de Saúde aprovou a apresentação de moção de repúdio ao secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho, por ter declarado, em entrevista a uma emissora de TV local, que médicos estão “se acovardando” no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

“Nós precisamos nos posicionar sobre qualquer fala de qualquer liderança política, prefeito, governador e secretário quando atacar profissionais da saúde pública em um momento de extrema crise, onde os combatentes estão lá guerreando no dia-a-dia. Isso é um absurdo”, afirmou o deputado Paulo Araújo (PP).

Leitos de UTI – O vice-presidente da Comissão de Saúde, deputado Doutor João (MDB), denunciou a atitude de prefeitos de cidades como Rondonópolis e Tangará da Serra que, segundo ele, não querem colocar os leitos de UTI no sistema de regulação estadual. “Querem receber o valor da diária que o Ministério da Saúde e o Governo do Estado pagam, mas não querem colocar na regulação. Temos que tomar uma atitude, judicializar isso. Isso tem que ser conversado até mesmo com o Ministério Público, porque é muito preocupante”, frisou.

O deputado Paulo Araújo lembrou que o SUS é universal e não há pactuação de leitos de UTI. “Se o prefeito for contrário à universidade de leitos de UTI e qualquer paciente morrer por isso, ele é um criminoso. Nós temos regras de pactuação para procedimentos eletivos, mas urgência e emergência é universal. Essa compreensão todos os prefeitos têm que ter. É crime pensar o contrário. Crime grave”, salientou.

Lúdio Cabral (PT) sugeriu que o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa abra diálogo com estados onde já está sendo registrado achatamento da curva de contaminação de Covid-19 para que forneçam equipamentos e também profissionais para auxiliarem no combate à doença em Mato Grosso.

Protocolo Covid-19 – O deputado Dr. Eugênio informou que o grupo de trabalho criado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), do qual é integrante, já definiu um protocolo orientativo para atendimento de pacientes com Covid-19 e que o documento será apresentado ao governador Mauro Mendes e ao secretário de estado de saúde.

“O protocolo deverá servir de balizamento para que o governador faça a aquisição dos medicamentos para os 141 municípios. Esses medicamentos poderão ser prescritos pelos profissionais médicos, desde que julguem necessário. A prescrição e dosagem dos medicamentos é sempre facultado ao médico”, salientou.

Projetos de lei – Foram aprovados pareceres favoráveis aos Projetos de Lei nº 58/2020, 60/2020, 479/2020, 521/2020, 545/2020, 544/2020, 471/2020, 340/2020, 327/2020, 334/2020 e 223/2020 e parecer contrário ao Projeto de Lei nº 470/2020.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Depois do passamento

           Seguidamente nos perguntam a respeito de questões sobre a vida no além-túmulo, e isso geralmente acontece quando alguém perde um ente querido, principalmente...

 
 
 
 
Sitevip Internet