Notícias / Policial

06/06/20 às 10:34 / Atualizada: 06/06/20 às 18:46

Policiais de Mato Grosso reforçam operação que interceptou avião em São Paulo com 450 kg de cocaína avalianda em R$ 8,5 milhões

Só Notícias

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Policiais de Mato Grosso reforçam operação que interceptou avião em São Paulo com 450 kg de cocaína avalianda em R$ 8,5 milhões

Foto: Divulgação

Os policiais militares do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Mato Grosso participaram, ontem à tarde, de uma operação integrada com a Polícia Federal, Grupo de Radiopatrulha Aérea de Goiás (Graer), Polícia Militar de São Paulo e Força Aérea Brasileira (FAB), que apreendeu um avião modelo Piper Navajo carregando cerca de 450 quilos de pasta base de cocaína, no aeroporto de Fernandópolis (SP). A droga está avaliando em mais de em R$ 8,5 milhões. Dois homens que estavam na aeronave foram presos.

Durante fiscalização de rotina, após interceptar aeronave sem plano de voo sobrevoando o espaço aéreo em Mato Grosso, caças tucano da FAB determinaram seu pouso. A ação envolveu duas aeronaves A-29 Super Tucano, além de todo o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Sisdabra).

Ainda de acordo com a assessoria da FAB, a aeronave suspeita foi classificada como tráfego aéreo desconhecido e passou pelos procedimentos de interrogação e acompanhamento até o pouso, tudo sob a coordenação do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE).  Após o pouso, a Polícia Federal e a Polícia Militar local assumiram as ações.

A suspeita é de que o avião teria saído do Pará, pousado para carregar o entorpecente em Mato Grosso e decolado em seguida.

No mês passado, os policiais de Gefron também participaram da operação integrada com a Polícia Federal, Polícia Militar do Amazonas e Força Aérea Brasileira  que resultou na interceptação de uma aeronave e obrigada a fazer pouso forçado no aeroporto de Porto Urucu, em Coari (438 quilômetros de Manaus). Ele estava levando 418 quilos de pasta base de cocaína, avaliados em R$ 5,8 milhões.

Atualização com acréscimo de informações e correções


O carregamento foi feito na Bolívia e ao passar por território mato-grossense, o piloto não obedeceu a ordem de descida

Por Hérica Teixeira | Sesp-MT
 
- Foto por: Divulgação
 
Ação conjunta das forças de segurança de Mato Grosso, Polícia Federal e Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou, no início da tarde desta sexta-feira (05.06), uma aeronave com mais de 490 quilos de cocaína. A droga foi carregada na Bolívia e o piloto não tinha plano de voo autorizado.

A aeronave adentrou o território mato-grossense e quando passava por Primavera do Leste (a 242 km ao Sul de Cuiabá), foi dada ordem de descida, o que foi descumprido. Neste instante, um tucano, A-29 da FAB começou a seguir e, somente no município de Fernandópolis, em São Paulo, que o piloto pousou a aeronave.

Os suspeitos e os bens apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Jales, Estado de São Paulo. Os presos devem responder por tráfico internacional. As investigações vão apurar qual o destino da droga.

A ação contou com o trabalho do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).




 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - 'Destino da Terra e causas das misérias humanas'

“Admira-se de encontrar sobre a Terra tanta maldade e más paixões, tantas misérias e enfermidades de toda a sorte, concluindo-se quão deplorável é a espécie...

 
 
 
 
Sitevip Internet