Notícias / Luto

04/06/20 às 08:51

Unemat decreta luto oficial por três dias pela morte do ex-reitor Adriano Silva que veio a óbito suspeita de Covid-19

Hemilia Maia e Danielle Tavares da assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Unemat decreta luto oficial por três dias pela morte do ex-reitor Adriano Silva que veio a óbito suspeita de Covid-19

Foto: Divulgação

É com profundo pesar que a Universidade do Estado de Mato Grosso comunica o falecimento do ex-reitor, professor Adriano Aparecido Silva, aos 49 anos, ocorrida nesta quarta-feira (3). A Unemat decreta luto oficial por três dias, com suspensão das atividades administrativas e acadêmicas, nesta quinta-feira (04), em toda a Universidade.

O professor Adriano estava internado no Hospital São Luiz, em Cáceres, desde segunda-feira (1º) com suspeita de Covid-19. O professor e ex-reitor da Unemat chegou a ser transferido em UTI aérea para o Hospital Femina, em Cuiabá, mas não resistiu às paradas cardíacas que sofreu e veio a óbito. Adriano estava com 60% dos pulmões comprometidos. O resultado do exame para confirmar a Covid-19 sai na próxima sexta-feira (5). A esposa e os filhos de Adriano estão em isolamento domiciliar.

Como reitor da Unemat, o professor Adriano foi responsável por um momento de expansão da Universidade, com a aprovação da oferta de nove novos cursos, em nove câmpus, escolhidos por meio de pesquisa de demanda nas localidades contempladas. São eles: Medicina (Cáceres), Ciências Jurídicas (Alta Floresta, Barra do Bugres e Pontes e Lacerda), Administração (Juara), Engenharia Elétrica (Sinop), Geografia (Colíder) e Engenharia Civil (Tangará da Serra e Nova Xavantina). Também em sua gestão, houve a criação dos câmpus universitários nos municípios de Diamantino e Nova Mutum, passando de 11 para 13 câmpus da Unemat no estado.

O reitor da Unemat, Rodrigo Bruno Zanin, falou da importância do professor Adriano para o desenvolvimento da Unemat. “Ele sempre esteve atento e ajudando a Unemat, mesmo depois de reitor. Primeiro na condição de deputado, na gestão de reitora professora Ana Di Renzo e agora, na presidência da Fapemat. Ele sempre trabalhou como um grande parceiro da nossa Unemat. Ele sempre dizia: ‘a Unemat é minha casa, minha origem, a instituição que sempre está na frente de tudo’. Com certeza perdemos um apaixonado pela Unemat”.

O professor Adriano, doutor em Ciências Políticas, era professor do curso de Direito da Unemat, em Cáceres, desde 1997. Atualmente, presidia a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat). Efetivo desde 1998, Adriano ocupou vários cargos de gestão na Universidade. Foi chefe do Departamento de Ciências Jurídicas, Diretor da Faculdade de Direito, Coordenador Regional do Câmpus Jane Vanini, Gestor do Câmpus Jane Vanini e reitor da Unemat nos anos de 2010 a 2014.

Assim que possível, serão divulgadas outras informações. Aos familiares e amigos, a Unemat deseja que a família encontre conforto e consolo neste momento de despedida. 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet