Notícias / Política

11/05/20 às 19:39

Câmara de Chapecó (SC) suspende benefícios de vereadores e servidores e estima economizar R$ 400 mil

A suspensão de diárias e férias indenizadas estão entre as medidas adotadas

Clic RDC

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo

A Câmara Municipal estima economizar R$ 400 mil para 2020, após adoção de novas medidas. Entre as ações estão as suspensões: de diárias aos vereadores e servidores; das concessões de gratificações; os pagamentos de licenças-prêmio, indenizações, férias indenizadas e de novas vantagens e bonificações aos servidores públicos. As medidas são válidas até 31 de dezembro. O Poder Legislativo orientará que o município use o valor em ações de combate ao coronavírus.

A iniciativa foi do presidente, vereador Ildo Antonini (DEM), com apoio da mesa diretora e aprovada por todos os parlamentares do município. As medidas foram determinadas através de resolução e projeto de resolução.

Participação em cursos

De acordo com projeto de resolução 42/2020, votado e aprovado na semana passada pelos vereadores, a participação em cursos e eventos também foi limitada. Ficou estabelecido que os membros da casa legislativa somente poderão participar de eventos gratuitos da cidade ou dos realizados na modalidade EAD.

A partir de agora, os parlamentares só poderão participar de eventos e cursos promovidos pela Acamosc, Amosc, Fecam, Uvesc, UVB, Tribunal de Contas do Estado, Escola do Legislativo e audiências junto à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Câmara dos Deputados e Senado Federal”, informou a Câmara.

O projeto também limita ao número de cinco afastamentos anuais para eventos ou outras atividades que necessitem do pagamento de passagem, inscrição e diárias por vereador.

Verbas de gabinetes

A resolução estabeleceu também uma redução de 50% nas verbas de gabinetes dos vereadores e revisão nos contratos administrativos da Câmara Municipal. “Todas essas medidas foram realizadas dentro da legalidade. Os vereadores entenderam a necessidade de promovermos mais uma ação que reduz as despesas no legislativo”, destacou o presidente, Ildo Antonini.

Conforme o Setor de Contabilidade do Legislativo, entre materiais de expediente, inscrições, passagens e diárias para vereadores e servidores e mais o corte de 50% nas verbas de gabinete, a economia este ano poderá chegar a R$ 400 mil.

Estamos fazendo nossa parte. Gostaria que ações como essa sejam também realizadas pelas demais câmaras municipais, assembleias legislativas e congresso nacional”, ressaltou o presidente. 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet