Notícias / Luto

05/05/20 às 14:57 / Atualizada: 06/05/20 às 13:23

Tragédia em Barra do Garças, músico mata mulher e se mata

Osmar atuava como músico na cidade e acabou matando Elisangela no bairro Novo Horizonte

Araguaia Notícia

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Tragédia em Barra do Garças, músico mata mulher e se mata

Osmar Violeiro

Foto: Arquivo pessoal

Um crime de homicídio foi registrado na manhã de terça-feira (5/5) seguido de suicídio no bairro Novo Horizonte em Barra do Garças, no leste de Mato Grosso. Segundo informações da Polícia Militar (PM) ao site Araguaia Notícia a tragédia ocorreu numa rua Padre Albezetti César, atrás da empresa Polo Pre-Moldados, onde foi encontrada morta numa casa Elisangela do Nascimento Costa Santos, de 28 anos.

Ela estava dentro do quarto caída ao lado da cama com uma perfuração no pescoço e outras na altura do abdômen. O suspeito do crime, Osmaldo Viana Xavier, de 61 anos, conhecido como Osmar Violeiro, que gostava muito de cantar e tocar violão e tinha como profissão pedreiro. Ele também foi encontrado morto, enforcado, na área da casa. A polícia acredita que Osmar ceifou a vida de Elizangela e depois deu fim à própria vida dele.

O crime deve ter ocorrido pela madrugada, todavia a Polícia Militar foi acionada por vizinhos por volta das 07h30 da manhã. E na sequencia foram chamadas a Polícia Civil e a Politec. E os peritos encontraram dentro da residência a faca suja de sangue provavelmente utilizada para cometer o assassinato da mulher.

Testemunhas informaram ainda a polícia que Osmar era apaixonado por Elizangela e por isso cometeu essa loucura.



A vítima Elisangela do Nascimento Costa Santos - Reprodução: Facebook
Imprimir Enviar para um amigo

comentar1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por glenda, em 05/05/20 às 17:35

    Me espanta em meio a tantas campanhas e projetos sociais visando o combate à violência contra a mulher, no caso acima a matéria deu destaque ao agressor, à sua profissão e notoriedade no meio artístico, sem contudo lamentar e frisar sua conduta criminosa e abusiva com sua companheira, chegando a colocar uma foto tão pequena da vítima que nem podemos perceber se se trata ou não da mesma. A matéria deveria rechaçar o crime e não enaltecer as qualidades de quem não respeitou a vida do próximo, de quem foi contra a lei de Deus. Resposta da redação: Querida leitora Glenda, pedimos desculpas a você e demais leitores e leitoras pela nossa falha. Atendemos a sua solicitação e fizemos a devida correção.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet