Notícias / Agronegócios

31/03/20 às 11:03

União das Mulheres do Agro (UMA) terá lançamento virtual em abril

Lilian Munhoz, Grupo Cultivar

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
União das Mulheres do Agro (UMA) terá lançamento virtual em abril

Mulheres terão acesso a palestras, cursos, conteúdos de capacitação, notícias e interação, proporcionando um espaço amplo para networking e desenvolvimento pessoal e profissional.

Foto: Assessoria

Em época de quarentena, o uso de novas tecnologias tem crescido ainda mais. Por isso, a partir de 9 de abril, será lançada virtualmente uma rede de fortalecimento e capacitação de mulheres que atuam no agronegócio em todo o Brasil: a União das Mulheres do Agro (UMA), que vai integrar mulheres de diversas funções ligadas ao agronegócio, antes e depois da porteira.

Por meio do site www.umaportodas.com.br, que entrará no ar nesta data, as mulheres terão acesso a palestras, cursos, conteúdos de capacitação, notícias e interação, proporcionando um espaço amplo para networking e desenvolvimento pessoal e profissional. O cadastro é gratuito e as mulheres já podem se inscrever, mesmo antes do lançamento, para receber as próximas novidades. O Instagram também já está ativo: @rede_umaportodas.

A iniciativa da UMA nasceu em Mineiros, no Estado de Goiás, pelas irmãs Cristiane Steinmetz e Adriane Steinmetz, com a mãe, Clélia Steinmetz. Juntas, elas se completam na administração da Fazenda Boa Vista, que produz soja e milho no município. Elas também mantêm o grupo virtual “Mulheres do Agro de Mineiros”, com a participação de mais de 200 mulheres que compartilham conhecimentos, troca da experiências e realizam eventos presenciais periodicamente.

Formada em Jornalismo, Adriane é coach especializada em agro e espera compartilhar seus conhecimentos através da UMA. “É um projeto pessoal nosso, que queremos estender para mulheres de todo o Brasil. Estamos trazendo uma proposta que, com certeza, vai possibilitar a inserção das mulheres nessa rede de prosperidade, empreendedorismo e muita união”, explica Adriane.

Já Cristiane é formada em Direito e, desde cedo, precisou lidar com funções importantes dentro da Fazenda, incluindo negociação com fornecedores, gestão e outras atividades administrativas e burocráticas. “Nós, mulheres do agro, queremos aprender, ensinar, agregar, atualizar e tornar o nosso agronegócio mais forte”, afirma.

Para fazer parte da UMA, não haverá custo de inscrição nem mensalidade. O próprio site irá gerar os recursos financeiros para bancar custos operacionais e de manutenção. Um primeiro lançamento presencial aconteceu no 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agro, em outubro de 2019, em São Paulo, com a participação de mulheres e de empresas parceiras. Para 2020, Cristiane e Adriane planejavam fazer um novo lançamento presencial, mas precisaram rever os planos recentemente quando teve início o isolamento social para conter o avanço do coronavírus no Brasil.

O símbolo escolhido para a UMA é um girassol. “Escolhemos o girassol no sentido de sermos luz e energia umas para as outras”, explica Cristiane. Queremos fortalecer cada vez mais o setor agropecuário feminino para que ele seja reconhecido e respeitado com o devido merecimento”, completa Adriane.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Depois do passamento

           Seguidamente nos perguntam a respeito de questões sobre a vida no além-túmulo, e isso geralmente acontece quando alguém perde um ente querido, principalmente...

 
 
 
 
Sitevip Internet