Notícias / Nacional

19/03/20 às 09:41 / Atualizada: 19/03/20 às 10:00

Efeito conoravírus: Comitê aprova prorrogação do pagamento de tributos do Simples Nacional por seis meses

Decisão faz parte das medidas do governo para proporcionar mais tranquilidade às empresas por conta da pandemia do coronavírus. Medida não vale para tributos de fevereiro.

Alexandro Martello - G1 Brasília

com redação

Imprimir Enviar para um amigo
Efeito conoravírus: Comitê aprova prorrogação do pagamento de tributos do Simples Nacional por seis meses

Ministro da Economia Paulo Guedes anunciou medidas econômicas para enfrentamento ao coronavírus.

Foto: Isac Nóbrega/PR

O Comitê Gestor do Simples Nacional aprovou nesta quarta-feira (18) a prorrogação, por seis meses, do prazo para pagamento dos tributos federais no âmbito do Simples Nacional, informou a Secretaria da Receita Federal.
 
A medida, que também se aplica aos Microempreendedores Individuais (MEI), faz parte do pacote para minimizar os impactos econômicos da pandemia do coronavírus. A mudança não se aplica aos tributos de fevereiro, que vencem na próxima sexta (20).
 
Com isso, de acordo com o órgão, os tributos federais apurados no Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Declaratório (PGDAS-D) e Programa Gerador do DAS para o MEI (PGMEI) foram prorrogados da seguinte forma:
 
- O Período de Apuração Março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, fica com vencimento para 20 de outubro de 2020;
 
- O Período de Apuração Abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, fica com vencimento para 20 de novembro de 2020; e
 
- O Período de Apuração Maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, fica com vencimento para 21 de dezembro de 2020.
 
A Receita informou ainda que um ato vai orientar os procedimentos a serem adotados pelos contribuintes, na hora de fazer esse pagamento.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por LUCAS TRENTIN ZANDONA, em 19/03/20 às 15:19

    Só lembrando que o ato publicado através dessa RESOLUÇÃO Nº 152 em seu Art. 1º, não contempla os impostos ESTADUAIS e MUNICIPAIS como o ICMS e ISS. Cabe ao estado e ao município postergarem também.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Não percamos tempo!

             A Terra é um dos Planetas ainda bem distante da perfeição. Se isso não é novidade para quem se aprofunda nos estudos, para os demais...

 
 
 
 
Sitevip Internet