Notícias / Justiça

09/03/20 às 13:32

Tribunal investe na capacitação dos servidores para melhorar a prestação jurisdicional

Álvaro Marinho, assessoria TJ

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Tribunal investe na capacitação dos servidores para melhorar a prestação jurisdicional

Foto: Assessoria

Investir na qualificação dos servidores é uma constante no Judiciário mato-grossense. Uma das metas da administração do Tribunal de Justiça, comandado pelo desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, é proporcionar treinamentos que vão ao encontro dos anseios dos profissionais e das necessidades definidas como prioritárias para a melhoria da prestação jurisdicional.
 
A busca por mais conhecimento tem se tornado um ponto de partida para as inovações planejadas pelo Tribunal de Justiça. E a administração central do Judiciário tem como suporte a Escola dos Servidores. Dessa forma, a unidade de formação interna oferece condições para o aprimoramento e o desenvolvimento de habilidades e competências compatíveis com as especificidades do Poder Judiciário.
 
“Nossa sintonia com o planejamento estratégico elaborado pela Presidência do Tribunal de Justiça vem mostrando resultados singulares, e, consequentemente, quem ganha com nossos resultados é a sociedade”, destaca a coordenadora da Escola dos Servidores, Andréa Marcondes Alves Sousa. De acordo com ela, todos os setores são atendidos de acordo com as características do serviço desenvolvido. “Temos cursos presenciais e também na modalidade online, por meio do ensino a distância (EaD), frisa Andréa Marcondes.
 
A coordenadora exemplifica como articulação da Escola os cursos que estão sendo oferecidos para iniciar na segunda semana de março. “Só neste mês estamos disponibilizando virtualmente seis capacitações, com uma média de trinta e cinco vagas por turma”, ilustra. Andréa Marcondes assinala ainda que os treinamentos em EaD têm sido um facilitador no dia a dia do Judiciário.
 
“Atendemos servidores do Tribunal e também de todas as 79 Comarcas. Assim, como não precisam se deslocar para a Capital, fazem a preparação online direto das unidades aonde são lotados e, por outro lado, o Judiciário economiza com diárias. Tudo isso, faz parte do planejamento estratégico da gestão de atender o servidor com qualidade, economicidade e sustentabilidade, uma vez que essas preparações são virtuais”, completa.
 
Qualificação - Os cursos com inscrições abertas em março são: Word 2010 Básico, com carga horária de 20 horas/aula; Excel 2010 Básico (20 horas); Língua Portuguesa aplicada à linguagem jurídica e redação oficial com ênfase na nova reforma ortográfica (30 horas); A Arte de Liderar (30 horas); Curso Introdutório de Integração e Formação - Conhecendo o Judiciário (10 horas) e  Excel 2010 Intermediário (20 horas). E a metodologia trabalhada na plataforma Moodle da Escola dos Servidores, na maioria dos cursos, é com monitoria e tutoria.
 
Por decisão da administração do Judiciário, além dos servidores em geral, os cursos atendem também estagiários, terceirizados, credenciados e contratados que atuam em qualquer uma das unidades judiciais.
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet