Notícias / Justiça

29/01/20 às 11:02

Venâncio Aires (RS) - Antes de condenação, vítima beija réu que lhe acertou 5 tiros

Metrópoles

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Venâncio Aires (RS) - Antes de condenação, vítima beija réu que lhe acertou 5 tiros

Foto: Reprodução

O julgamento no Tribunal do Júri de um homem que tentou matar a namorada com cinco tiros em agosto de 2019 foi marcado, nesta terça-feira (28/01/2020), em Venâncio Aires, interior do Rio Grande do Sul, por um inesperado pedido da vítima: ela solicitou, e conseguiu, autorização dos jurados para beijar o réu. Micheli Schlosser, de 25 anos, aproveitou e afirmou que perdoava Lisandro Rafael Posselt, de 28, pela agressão.

Depois do gesto da ex-namorada, Posselt foi condenado a sete anos de prisão. A defesa do acusado comemorou a ação “inesperada” de Micheli. “Se a vítima tem essa atitude, ela que é a principal interessada, isso certamente facilitou a nossa argumentação”, avaliou um dos advogados de defesa, Jean Severo, ao portal GaúchaZH.
 
 
O homem estava preso desde o dia seguinte ao crime, mas agora, pelo fato de a pena pela tentativa de feminicídio ter sido inferior a oito anos e por não possuir antecedentes criminais, será posto em liberdade.
 
Severo considerou a pena “adequada” e afirmou que não recorrerá da decisão. Após a sentença, a vítima e o réu posaram abraçados em uma foto com os advogados que atuaram na defesa dele.

O ataque

Durante o processo, informou o promotor Pedro Rui da Fontoura Porto, Micheli afirmou que a discussão entre os dois – e a tentativa de feminicídio – ocorreu após ela ameaçar montar contra o namorado uma falsa acusação de estupro.

A polícia apurou que Micheli e Posselt discutiram em uma praça no centro de Venâncio Aires, em 14 de agosto do ano passado. Amigos do casal presenciaram a briga. O homem deixou a praça, mas retornou armado, em uma moto.

Ao perceberem a aproximação do homem, os amigos empurraram Micheli para dentro de um carro. No entanto, Posselt disparou sete vezes pelo vidro traseiro, acertando cinco disparos na vítima. Ela foi socorrida e ficou internada em um hospital, mas se recuperou.


“'Só eu e ele sabemos dos nossos sentimentos. Vamos tentar nos acertar, ter nossa casa e casar”; diz Micheli.


Conforme a vítima, a relação era boa e o acusado nunca havia demostrado atos de agressividade.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Coronavírus. Fé. Deus é Justo!

Deixamos de direcionar nossas metas de evolução e crescimento no âmbito da moral, e pior ainda, nos preocupamos com coisas materiais que não nos levam a nada, a não ser nos dar prazer e encantamentos, exaltando...

 
 
 
 
Sitevip Internet