Notícias / Negócios

12/01/20 às 20:28 / Atualizada: 13/01/20 às 07:14

Friboi inicia 2020 com expansão de operações pelo Brasil

A Friboi inaugurou, na última quinta-feira (9), sua 37ª unidade de processamento de carne bovina no Brasil. A subsidiária da JBS (JBSS3) enxerga uma demanda crescente de longo prazo para as proteínas, sobretudo na Ásia.

Reuters

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Friboi inicia 2020 com expansão de operações pelo Brasil

Foto: Divulgação

A fábrica, que custou R$ 70 milhões à Friboi, está localizada no município de Brasnorte (MT) e inicialmente terá a capacidade de 500 animais por dia.

A unidade engloba investimentos da empresa no Centro-Oeste do Brasil, que somaram outros R$ 154 milhões. De acordo com a empresa, a planta deverá funcionar a partir do primeiro trimestre deste ano.

O início de 2020 será marcado por diversas expansões da Friboi. A companhia colocará em funcionamento um novo túnel contínuo de congelamento em Barra do Garças (MT), terá aumento da capacidade em Mozarlândia (GO), duas novas linhas de produção de hambúrguer em Campo Grande (MS) e um segundo turno de trabalho na unidade de Senador Canedo (GO).

Esses investimentos na região central do País se referem ao ano passado. Dessa forma, não fazem parte dos R$ 8 bilhões de um plano da JBS anunciado recentemente para o período de 2020 a 2024, no Brasil.

“Continuaremos investindo nos próximos anos em todas as nossas plantas, o que reafirma o compromisso de longo prazo da companhia com o Brasil”, afirmou o presidente da Friboi, Renato Costa, após a inauguração da unidade de Brasnorte.

Friboi pensa além da demanda temporária

Além do mercado brasileiro, os investimentos da empresa objetivam uma esperada grande demanda asiática no longo prazo, não apenas atender somente um maior consumo temporário por países como a China, onde a peste suína africana reduziu a oferta da proteína.

No Centro-Oeste, estão localizados os maiores produtores de bovinos do Brasil, uma vantagem importante em momento de preços mais altos do boi gordo. Em novembro de 2019, o custo da matéria-prima chegou à máxima recorde de mais de R$ 230/arroba. Atualmente, é negociado aproximadamente a R$ 200.

 No ano passado, antes da inauguração da fábrica de Brasnorte, a Friboi havia reativado uma planta de produção em Coxim (MS). A companhia informou ainda que, no que se refere a Brasnorte, trata-se apenas dos primeiros investimentos na fábrica, pois futuramente terá capacidade de produção e escopo de atividades maiores. Todavia, inicialmente, o objetivo na fábrica é atender à demanda do mercado brasileiro.

Além do Centro-Oeste, a Friboi tem unidades no Pará, Rondônia, Tocantins e Acre (Norte), São Paulo e Minas Gerais (Sudeste) e Bahia (Nordeste), com 45 mil colaboradores em 55 cidades.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Coronavírus. Fé. Deus é Justo!

Deixamos de direcionar nossas metas de evolução e crescimento no âmbito da moral, e pior ainda, nos preocupamos com coisas materiais que não nos levam a nada, a não ser nos dar prazer e encantamentos, exaltando...

 
 
 
 
Sitevip Internet