Notícias / Agronegócios

26/12/19 às 11:15 / Atualizada: 26/12/19 às 12:19

Mulheres como protagonistas no campo – Conheça o exemplo de Lucilene Signorini

Rafael Govari

AGRNotícias

Imprimir Enviar para um amigo
Mulheres como protagonistas no campo – Conheça o exemplo de Lucilene Signorini

Foto: Arquivo Pessoal: Lucilene Signorini

“Lugar de mulher é onde ela quiser!” já diz o ditado hoje popularmente difundido. Mas e no campo? Seria um lugar somente para homens? A resposta para essa pergunta vem de  Canarana-MT. A jovem Lucilene Signorini, de 23 anos, formou-se em Ciências Contábeis, mas resolveu seguir a vocação familiar. Foi trabalhar na fazenda de seus pais, onde atua em todos os setores, desde o administrativo até o operacional.

Lucilene é filha de Sabino Signorini e Odila Salete Signorini. A família é proprietária da Fazenda Palmeira, localizada em Canarana, que atua com a agricultura, onde se cultiva soja e milho, além de pastagens para a criação de gado na cria e recria.

A jovem, quando questionada sobre sua profissão, responde é que trabalhadora rural. Disse que nunca exerceu a atividade pela qual se formou. Gosta mesmo é da lida no campo. “Minha ligação com agro é 100%, pois vivo e dependo dele, é meu trabalho, é meu alimento é o que vestimos, enfim, agro é tudo”, disse.



A reportagem da AGRNotícias ‘descobriu’ Lucilene pelas postagens que ela faz em sua página no Facebook, que acabam gerando centenas de curtidas e muitos comentários. São fotos andando a cavalo, no trator, na colheitadeira. “Trabalhamos em família e eu e o pai que trabalhamos no campo. Eu faço todas as atividades que precisam ser feitas em uma propriedade, sejam elas manuais ou com máquinas. Nas lavouras, no preparo do solo, no plantio a colheita, opero todos os maquinários. E com o gado faço todo o manejo necessário”, falou.



Seu trabalho enche de orgulho seus familiares e amigos. Lucilene diz que escolheu essa profissão por vários motivos. “Acho que posso dizer que vem de família, geração em geração, esse amor e dedicação pelo agro. Eu nasci, cresci no meio do agro e não me vejo fazendo outra coisa. Eu amo essa vida no campo, amo cultivar. Com certeza pretendo envelhecer trabalhando com o agro, alimentando o mundo”, falou.

Perguntamos para Lucilene se há espaço para as mulheres assumirem as propriedades rurais ou mesmo o trabalho no campo, como ela vem fazendo. “Sim, tem muito espaço para nós mulheres assumirmos propriedades e trabalhos no campo. Hoje o agro não exige da força física e sim força de vontade em aprender e entender sobre novas tecnologias, novos modos de se cultivar. Nós mulheres temos um potencial grandíssimo para colaborar e ajudar com o crescimento e melhoramento do agro. Não é à toa que se formos olhar as pesquisas, o número de mulheres do agro, sejam elas agricultoras ou pecuaristas, têm aumentado satisfatoriamente nesses últimos anos. E mulher é mulher né, são espetaculares em tudo que fazem com vontade e com amor”, finaliza.

Protagonismo das mulheres no agro



O protagonismo das mulheres no agro será tratado em palestra durante o Dinetec 2020, maior feira de tecnologias do agro do Vale do Araguaia, que acontece em Canarana entre os dias 15 e 17 de janeiro. Lucilei Carvalho, Fundadora da Legado RH Consultoria e Mentoring, trará uma palestra com o tema: “Seja Protagonista de Sua História”. Será às 10h30 do dia 17, no pavilhão de negócios. A entrada é gratuita.


Fotos: Arquivo Pessoal:  Lucilene Signorini.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet