Notícias / Esportes

05/11/15 às 12:23

Setor delibera por Frente Parlamentar e exige retomada dos investimentos

Naiara Martins

Assessoria

Imprimir Enviar para um amigo
Com a proposta de criação da Frente Parlamentar do Esporte, o deputado Estadual Baiano Filho (PMDB) assume a coordenação dos trabalhos que passam a garantir uma nova musculatura na defesa do Esporte em Mato Grosso. A frente terá como meta assegurar representatividade política às ações voltadas a reestruturação esportiva, com a pretensão de interferir diretamente no dialogo junto ao Governo do Estado para resgate da Secretaria de Estado de Esportes e Lazer, e retomada das ações de fomento ao esporte.

A frente é um dos principais encaminhamentos dados durante audiência pública proposta por Baiano Filho na ultima semana em Cuiabá. Na oportunidade, a Assembleia Legislativa  protagonizou a formação de um grande movimento de luta pelo esporte. Dezenas de federações desportivas, secretários municipais, prefeitos, líderes esportivos, professores, técnicos, atletas e representantes de entidades como CREF (Conselho Regional de Educação Física) e CONSED (Conselho Estadual de Desporto) engrossaram o coro.  

No encontro foram colocadas em debate as limitações enfrentadas nos últimos anos pelo poder público para promoção e estimulo do esporte no estado. A incapacidade financeira aliada ao descumprimento das políticas públicas, e em muitos momentos, à ineficiência de sua aplicação condenou Mato Grosso a um acelerado retrocesso da produção esportiva. Uma espécie de miopia instalada no foco da gestão esportiva tem gerado números assustadores.

A democratização esportiva no interior com a construção de equipamentos públicos deu lugar a uma densa atmosfera de abandono. A promoção de eventos, o fortalecimento das Federações Desportivas e a inclusão social deram lugar à descrença.

Não bastasse o quadro, uma nova tônica deixou bastante preocupado o segmento esportivo. Falamos da Mensagem 61 encaminhada pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa propondo vincular a pasta adjunta de Esporte e Lazer à Secretaria de Estado de Educação (SEDUC). O projeto de lei que trata da mudança já tramita na Assembleia e aguarda pela apreciação dos deputados.

“O Brasil e por consequência Mato Grosso já possui uma bagagem muito grande de discussões, debates, conferencias, seminários, a letra da lei nós temos, o que falta é cumprir essas leis, já tivemos fóruns diversos, temos elementos suficientes que justifiquem a importância e o valor social do esporte, o Brasil precisa mudar essa cultura e passar a trabalhar o preventivo, não é só construir cadeias e aumentar os recursos para presídios, novos policiais e armamento”, categorizou emocionado o presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT), Francisco Antonio da Silva.

Segundo Carlos Eilert, presidente do Conselho Regional de Educação Física de Mato Grosso (CREF 17/MT), números concisos alimentados pelo próprio Governo do Estado no Portal da Transparência contradizem o argumento de contenção de gastos, utilizado para reduzir a Secretaria de Esportes e Lazer a uma simples pasta adjunta vinculada à Cultura. Eilert ainda salientou que a falta de clareza na aplicação das políticas de competência do estado tem colaborado para agravar a apatia no setor. O professor também salientou a necessidade de levar as discussões ao governador Pedro Taques, a fim de garantir a legitimidade do segmento em se manifestar.

Situações pontuais como as altas taxas exigidas para a realização de eventos esportivos no Ginásio Aecim Tocantins também foi colocado em pauta. A conclusão do parque aquático com a utilização da piscina olímpica, e a construção da pista de atletismo na UFMT foram questionadas pelos participantes.

A formação de uma comissão para acompanhamento das tratativas será formada. Uma audiência com o governador Pedro Taques será articulada por Baiano Filho nos próximos dias.

Entre os lideres e representantes públicos do Esporte Matogrossense participaram o secretário-adjunto de Estado de Esportes e Lazer (SECEL) Pedro Luiz Sinohara; do presidente do Conselho Regional de Educação Física de Mato Grosso (CREF 17/MT) Carlos Eilert; do vice-presidente do Conselho Estadual de Desporto (CONSED) Francisco Fernandes Junior; do Delegado Regional da Federação Internacional de Educação Física (FIEP) Edson Manfrin; do prefeito de Novo Santo Antônio Eduardo Penno; do vice-prefeito de Nova Xavantina João Batista ‘Cebola’; os vereadores Paulo César Trindade de Nova Xavantina; Euclides Castoldi de Terra Nova do Norte e Jorge Ivan de Novo Santo Antônio; os secretários Municipais de Esporte de Campo Novo do Parecis Sérgio Mineiro; de Novo Santo Antônio Getúlio Pereira; de Cáceres Jair Cestari; de Terra Nova do Norte Rodrigo Fernandes; de Paranatinga José Pereira; de Itiquira Adalberto Pereira; de Nova Ubiratã Rogério Rabuske; de Santa Carmem Juscelino Faganello; de Alta Floresta Zamir Mendes; o coordenador de Esportes de Itiquira Antônio Custódio; do secretário de Esportes de Cuiabá Breno Reis; o presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT) Francisco Antonio da Silva; da Federação Matogrossense de Esportes Universitários (FMEU) Alexandre Bregunci; da Federação Matogrossense de Basketball (FMTB) Karine Ribeiro; da Federação Matogrossense de Karatê-Dô Tradicional (FKTMT) Vlademir Zanca; da Federação Matogrossense de Futebol (FMF) João Carlos de Oliveira; da Federação Matogrossense de Ciclismo (FMC) Manoel Lima; da Federação Matogrossense de Boxe (FMB) Sebastião Borges; da Federação Matogrossense de Futsal (FMFS) Pedro Verão; diretor de Esporte da Associação Rondonopolitana dos Deficientes Visuais (ARDV) Vanderlei Alves; diretor-geral da Federação de Jiu Jitsu Esportivo de Mato Grosso (FJJE) Paulo César Venâncio; diretor de Desenvolvimento da Federação Matogrossense de Futebol (FMF) Ademir Moreira; diretor de Esporte da Federação de Handebol de Mato Grosso (FHMT) Tiago Andrade; o presidente da Associação Centro América de Karatê Shotokan, José Humberto de Souza; a presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa de Mato Grosso, Francisca Rodrigues; o presidente da ONG Moral Especial da Pessoa com Deficiência de Cuiabá, Cícero Bernardo; o presidente da Associação Matogrossense dos Cegos (AMC) Alex Francisco; o presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência e da Associação dos Deficientes Visuais de Sinop, Geraldo Temira; o presidente da Associação Desportiva Recreativa PUMA-ADREP, Jair Del Santo; o presidente do Mixto Esporte Cube, Paulo César Ramos; o vice-presidente da Torcida ‘Boca Suja’, Gabriel Magalhães; o diretor Técnico da Federação de Handebol de Mato Grosso (FHMT) Orlando Júnior; o diretor de Operações da Federação Matogrossense de Futebol (FMF) Luiz Doriléo; o técnico da Seleção Brasileira de Natação Jefferson Carvalho Neves; o presidente do Projeto ‘Bola de Meia e Bola de Gude’, João Tanzo, entre atletas, pais, árbitros e demais participantes.
  • Setor delibera por Frente Parlamentar e exige retomada dos investimentos
  • Setor delibera por Frente Parlamentar e exige retomada dos investimentos
  • Setor delibera por Frente Parlamentar e exige retomada dos investimentos
  • Setor delibera por Frente Parlamentar e exige retomada dos investimentos
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pessoas que estavam lá!

Alguns têm certeza. Outros não acreditam. A maioria suspeita de que possa existir, e outros tantos preferem não se questionar. Estou falando de vidas...

 
 
 
 
Sitevip Internet