Notícias / Justiça

23/11/19 às 20:13

Defensoria realiza 755 atendimentos e percorre mais de 4 mil km na 2ª etapa do Araguaia Cidadão

Número de atendimentos da Defensoria (755) superou a primeira etapa (733). A expedição cruzou mais de 4 mil km passando por cinco municípios do Vale do Araguaia

Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Defensoria realiza 755 atendimentos e percorre mais de 4 mil km na 2ª etapa do Araguaia Cidadão

Expedição cruzou mais de 4 mil km, passando por cinco municípios do Vale do Araguaia

Foto: Arquivo pessoal

A Defensoria Pública de Mato Grosso realizou 755 atendimentos nos cinco municípios atendidos na segunda etapa do Araguaia Cidadão de 4 a 16 de novembro. A expedição cruzou mais de 4 mil quilômetros, passando pelos municípios de Santa Terezinha, Luciara, São Félix do Araguaia, Novo Santo Antônio e Cocalinho.

Os atendimentos começaram no município de Santa Terezinha, distante 1.319 km da capital, no nordeste mato-grossense, já na divisa com Tocantins. A emissão da declaração de hipossuficiência (hipossuficiente é todo cidadão que comprova renda individual mensal de até três salários mínimos e familiar de até cinco) e a orientação jurídica foram os princípios serviços prestados pela Defensoria.

Mais que atendimento jurídico, foram ofertados também serviços de saúde, justiça, cidadania e conscientização ambiental. A Receita Federal doou 3,5 toneladas de toalhas, roupas e itens de vestuário ao projeto.




Segundo o defensor público Joaquim Abinader Guedes da Silva, que representou a Instituição na segunda etapa, a recepção à expedição foi maravilhosa em todas as cidades. Ele destacou também a distância continental percorrida. “Rodamos 4.200 km, dentre os quais mais de 1.200 km de chão”, afirmou.

Além de Joaquim, o defensor Tiago Passos, que atua na comarca de São Félix do Araguaia, e mais dois servidores da Instituição também participaram da segunda etapa do projeto, cujo objetivo é levar assistência social e jurídica para as populações mais distantes de Mato Grosso.



Casamentos comunitários - Foram realizados oito casamentos em Luciara e 14 em São Félix do Araguaia. Em todos os lugares por onde o Araguaia Cidadão passa, os casamentos são totalmente gratuitos. A medida é possível por conta de uma parceria firmada entre a Defensoria, o Poder Judiciário e os cartórios extrajudiciais locais, para que sejam dispensados os emolumentos referentes ao casamento. Se fosse pago, cada casamento custaria cerca de R$ 600,00.



Serviços - Entre os serviços oferecidos pela união de forças dos parceiros do projeto, estão: registro tardio, resolução de conflitos sociais, reconhecimento da paternidade pelo programa Pai Presente, divulgação e esclarecimentos sobre os projetos padrinhos e habilitação para adoção, casamento comunitário, consultas médicas, oftalmológicas e odontológicas, vacinas, confecção de documentação, serviços do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), como cadastro biométrico, alistamento eleitoral, emissão da segunda via do título de eleitor e atualização de dados cadastrais, cortes de cabelo, entre outros.



Parceiros - Diversos parceiros fizeram parte da segunda etapa da expedição, como a Polícia Militar Ambiental, que levou serviços do Batalhão Ambiental, como segurança, estandes das unidades especializadas, palestras e exposição de animais taxidermizados; Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT); Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema); Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran); Defesa Civil, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc); Tribunal Regional Eleitoral (TRE); entre outros.



Primeira etapa - Na primeira fase do Araguaia Cidadão, em agosto deste ano, a Defensoria realizou 733 atendimentos em seis municípios – Alto Araguaia, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu e Pontal do Araguaia. No total, o projeto realizou mais de 36 mil atendimentos e percorreu 1.300 quilômetros.

* Com informações da Coordenadoria de Comunicação/TJMT.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - 'Destino da Terra e causas das misérias humanas'

“Admira-se de encontrar sobre a Terra tanta maldade e más paixões, tantas misérias e enfermidades de toda a sorte, concluindo-se quão deplorável é a espécie...

 
 
 
 
Sitevip Internet