Notícias / Logística

17/11/19 às 08:58 / Atualizada: 17/11/19 às 10:05

Araguaia Cidadão enfrenta 12h de estrada e atoleiro para levar atendimento à comunidade de Cocalinho

A equipe que saiu às 7h da manhã de Novo Santo Antônio enfrentou chuva, atoleiro, pontes despedaçadas, travessia de balsa, animais pela pista e problemas mecânicos nos carros no trajeto.

Keila Maressa, da assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Araguaia Cidadão enfrenta 12h de estrada e atoleiro para levar atendimento à comunidade de Cocalinho

Expedição do TJMT enfrenta atoleiro para levar atendimento à comunidade

Foto: Alair Ribeiro/TJ/MT

Depois de gastar 12 horas para percorrer 456 quilômetros, a expedição Araguaia Cidadão chegou na quarta-feira (13 de novembro) na cidade de Cocalinho. A equipe que saiu às 7h da manhã de Novo Santo Antônio enfrentou chuva, atoleiro, pontes despedaçadas, travessia de balsa, animais pela pista e problemas mecânicos nos carros no trajeto. Todos os obstáculos serviram para reforçar ainda mais a ideia de que a Justiça deve chegar aonde as pessoas mais precisam.
 
De acordo com o juiz coordenador do projeto Araguaia Cidadão, José Antonio Bezerra Filho, é preocupante saber que Cocalinho é uma cidade que está isolada e que quando há necessidade de sair da localidade, são muitos os obstáculos enfrentados. “Os problemas que tivemos nos mostra que é necessário fazer mais pelo outro, pois quando percebemos a dificuldade por que passam os que moram nesta localidade vemos a necessidade de servir as pessoas com serviços que refletem diretamente na qualidade de vida e no acesso aos direitos mais básicos.”
 
Araguaia Cidadão em Cocalinho - Foto: Alair Ribeiro/TJ/MT

A prefeita da cidade, Dalva Peres, agradeceu a vinda do projeto Araguaia e contou que a expectativa da população é grande. “Nós temos muita carência nessas ações ofertadas aqui hoje. Muitas coisas precisamos ir até Água Boa para resolver e a estrada não está boa. Hoje esse benefício é grande e irá mudar a vida dos munícipes. A própria equipe do Araguaia viu como é a dificuldade que enfrentamos para poder sair ou entrar na cidade, por isso agradecemos muito a vinda desses parceiros.”
 
Também o presidente da Câmara de Vereadores, Edivan Daniel de Souza, apontou a necessidade da integração entre os órgãos para auxiliar à população de um local tão isolado quanto Cocalinho. “Esse é um evento importante que tem seu resultado voltado para o povo que mais precisa. Vemos aqui a dedicação dos servidores do Tribunal de Justiça para conosco. Essa equipe não precisava sair de sua casa para vir tão longe, correndo, às vezes, até risco de vida. Eles poderiam estar em casa, mas estão aqui, deixando um pouco de seu trabalho para o povo cocaliense e, por isso, somos muito grato.”

Foto: Alair Ribeiro/TJ/MT
 
Os trabalhos começaram na manhã desta quinta-feira (14). Logo cedo, a população já estava em frente à Escola Municipal José Umberto Moreira em busca de serviços ofertados pela Justiça Comum e Eleitoral, Defensoria Pública, Saúde, INSS, Politec, Energisa, parceiros que percorrem a estrada com o projeto. A comunidade também pode aproveitar de corte de cabelo, manicure, distribuição de brinquedos e também alimentação para que nem precisem sair do ambiente em que são ofertados os serviços.


Foto: Alair Ribeiro/TJ/MT

O Araguaia Cidadão é um projeto do Poder Judiciário de Mato Grosso e tem como objetivo levar serviços do udiciário, de saúde e cidadania para a população de locais carentes por conta da distância dos grandes centros. Ele começou no dia 4 de novembro e será finalizado no próximo sábado (16 de novembro), quando a equipe retorna para Cuiabá. Até o final do evento serão percorridos quase 5 mil quilômetros e visitadas cinco cidades, Santa Terezinha, Luciara, São Félix do Araguaia, Novo São Joaquim e, agora, Cocalinho.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Mauro Cocalinho, em 18/11/19 às 12:29

    Enquanto outros países, estão fazendo obras pra figurar no Guinness book, o Brasil anda de arrasto pra ter estradas de qualidade, isso é vergonhoso demais.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

A Exclusão e o Pancadão

Uns anos atrás, escrevi um artigo sobre a repressão praticada pelos seguranças dentro dos shoppings centers em São Paulo, uma vez que não permitiam que grupos de jovens da periferia, que marcavam encontros chamados...

 
 
 
 
Sitevip Internet