Notícias / Nacional

09/11/19 às 22:25 / Atualizada: 09/11/19 às 22:41

Milhares protestam pelo Brasil contra revogação da prisão em 2ª instância pelo STF

Atos aconteceram em pelo menos 13 capitais e diversas cidades do país

Redação AguaBoaNews via Diário do Poder

Imprimir Enviar para um amigo
Milhares protestam pelo Brasil contra revogação da prisão em 2ª instância pelo STF

Pessoas protestam contra a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas ruas de São Paulo, Brasil, em 9 de novembro de 2019. - O ícone esquerdista brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva saiu da prisão depois de um ano e meio

Foto: ARI FERREIRA / AFP via Getty Images)

Milhares de manifestantes foram às ruas nas capitais e cidades por todo o Brasil, neste sábado (9), em protestos contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que derrubou a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, para início do cumprimento de suas penas.

As manifestações também condenaram a libertação do ex-presidente Lula, em decorrência da decisão do STF, após 580 dias preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, nesta sexta (8).


Na capital federal, em Brasília (DF), cerca de 3 mil manifestantes se concentraram diante do Congresso Nacional, na Esplanada dos Ministérios, protestando na área do gramado e parte das vias.
 
Em São Paulo (SP), o ato se concentrou em dois pontos da Avenida Paulista, com um grupo maior diante do prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e outro em frente ao Masp. Também houve protestos em cidades do interior paulista, a exemplo de Campinas, Americana, São Carlos, entre outros municípios.

No Rio de Janeiro (RJ), o ato ocorreu na orla da Praia de São Conrado, Zona Sul do Rio, com a maioria dos participantes trajando roupas nas cores verde e amarela e empunhando bandeiras do Brasil. Os manifestantes cobravam a aprovação da PEC que tenta reverter a decisão da Corte, incluindo a previsão da prisão em 2ª Instância na Constituição Federal. Morador da região do protesto, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), também foi alvo da manifestação.
 
 
Outros grandes protestos ocorreram em Porto Alegre (RS), e em Fortaleza (CE). E ainda houve atos nas seguintes capitais dos estados: Maceió (AL), Manaus (AM), Salvador (BA), Goiânia (GO), Cuiabá (MT), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Recife (PE), Florianópolis (SC), e outras cidades de diversos estados do Brasil.
 
Ato contra suspensão da prisão de condenados em 2ª instância em Porto Alegre (RS). Foto: Divulgação/Vem Pra Rua
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

A Exclusão e o Pancadão

Uns anos atrás, escrevi um artigo sobre a repressão praticada pelos seguranças dentro dos shoppings centers em São Paulo, uma vez que não permitiam que grupos de jovens da periferia, que marcavam encontros chamados...

 
 
 
 
Sitevip Internet