Notícias / Educação

01/11/19 às 12:08

Sindicalistas debatem mudanças estratégicas para enfrentar o novo mundo do trabalho

Assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Sindicalistas debatem mudanças estratégicas para enfrentar o novo mundo do trabalho

Foto: Assessoria

A interferência do mercado mundial no rumo das políticas econômicas internacionais, e os impactos da onda liberal e conservadora no mundo do trabalho, em toda a América Latina, em especial no Brasil, deram o norte da Análise de Conjuntura do Seminário da Escola Centro Oeste de Formação da CUT “Apolônio de Carvalho”. A atividade que terá três dias, começou ontem (31.10), com o tema “Sistema Democrático de Relações de Trabalho”, integrando o 3º módulo de formação da ECO/CUT, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT).
 
Os debates foram iniciados com a palestra do professor e ex-deputado federal, Carlos Abicalil, que trouxe a abordagem do cenário político econômico internacional e sua correlação com o mercado de trabalho. Na sequência, a análise de conjutura, com o dirigente estadual do Sintep/MT, Henrique Lopes, focou a realidade da região Centro-Oeste e os impactos das Reformas Trabalhistas, Lei da Terceirização e o congelamento dos recursos públicos (EC nº 95), nos direitos dos/as trabalhadores/as.
 
 Finalizando com a coordenadora da ECO/CUT, Sueli Vieira, que apresentou as fases da luta histórica da classe trabalhadora nos 36 anos de CUT, e necessidade de se reinventar para enfrentar esse novo mercado com uberização, a perda dos direitos trabalhistas, e o novo mundo do trabalho.

 Para a professora participante do ECOCUT, representante do Distrito Federal, Luciana Custódio, a retirada de direitos da classe trabalhadora, constatadas com as reformas do governo federal, pós impeachment alteraram sobremaneira as conquistas da população. “Como professora destaco o ataque a Educação, que de bem público e direito de todos está se tornando um serviço, vendido e comercializado”, destacou.

 O Seminário formativo termina no sábado (02.11) e integra profissionais de diferentes segmentos sindicais da região centro oeste. O objetivo e debater e construir propostas a partir da formação de dirigentes para a condução das políticas sindicais que façam o enfrentamento a essas mudanças no mundo do trabalho.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

New Deal no Brasil

Bairro simples da periferia. O cheiro de café ainda estava pela cozinha e transpunha a sala com móveis simples, um sofá velho e uma antiga televisão que tinha em cima dela algumas xícaras, daquelas que têm o...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet