Notícias / Educação

21/10/19 às 19:43 / Atualizada: 21/10/19 às 20:02

Protótipos envolvendo capivara, moringa e plantações no espaço conquistam prêmio da Nasa em Cuiabá

Assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Protótipos envolvendo capivara, moringa e plantações no espaço conquistam prêmio da Nasa em Cuiabá

Foto: Assessoria

O mundo acabou e só resta uma capivara! Esse foi o cenário apocalíptico criado pela equipe ‘Star Lessons’, vencedora da primeira edição do Nasa Space Apps Challenge em Cuiabá - hackathon internacional promovido anualmente pela Agência Espacial Norte-Americana. O time, composto por jovens de 12 a 24 anos, criou um jogo para simular a construção de um novo planeta partindo da última habitante da terra: uma capivara celeste, detentora de todo o conhecimento da humanidade.

O game multidisciplinar foi projetado para democratizar a educação, tornando o ensino de matérias como química, física e matemática mais acessível, interessante, lúdico e interativo. “Participar do maior hackathon da galáxia, produzindo ideias para a Nasa, foi definitivamente um salto na minha carreira. Ter a oportunidade de trabalhar junto com especialistas na área e construir soluções de forma colaborativa me deu uma experiência extremamente enriquecedora”, afirma o publicitário, Silvano dos Santos Junior, 22 anos.

O estudante do 6º ano do Ensino Fundamental do Sesi Escola em Cuiabá, João Gabriel Soares Vargas Barros, 12 anos, também fez parte da equipe vencedora. Ele foi o competidor mais novo do desafio e disse estar estimulado a participar de novas competições. “Minha mãe me obrigou a participar, mas quando cheguei lá e vi o desafio, gostei. Minha tarefa foi preparar o pitch (apresentação rápida) do protótipo e, mesmo muito nervoso, me esforcei em fazer uma boa apresentação”, contou.

Para o adolescente, o mais interessante foi encontrar uma solução para os problemas que ele vivencia em sala de aula. “Eu vejo meus colegas sofrendo por não entenderem algumas matérias e acho que esse jogo pode ser muito útil”.

O segundo lugar da premiação foi para o grupo 2030 com o desafio ‘Acqua Seeds’, com foco na solução de um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: a água potável. O grupo recorreu ao conhecimento popular do uso da ‘Moringa oleifera’, planta conhecida por purificar a água e criou um produto industrializado e de baixo custo para uso das populações onde existe escassez do recurso natural. O sachê de 10 gramas pode purificar até 2 litros de água.

“Participar de um evento global pra construir soluções para o mundo todo é muito motivador. Todos os grupos que se formaram estavam engajados, teve uma troca de conhecimento e networking muito forte, sem falar na infraestrutura. Foi incrível!”, relatou o empreendedor social e dsenvolvedor Matheus Guedes Spartalis, de 24 anos.

A menção honrosa do evento foi para o grupo ‘Green Space’ que desenvolveu um protótipo para o cultivo de alimentos fora do planeta. O projeto de estufas autônomas previu todas as etapas do cultivo, desde a semeadura até a colheita, com umidade e temperatura controladas automaticamente, sem intervenção humana. “Somos o estado do Agro e precisávamos criar uma solução que levasse em conta essa nossa potência. Aprendi mais nessas 48 horas de mentoria do que em semestres inteiros de vários cursos que fiz”, pontuou o médico-veterinário e consultor de negócios, Leandro Costa Garcia, 35 anos.

O evento ocorreu de sexta a domingo (18, 19 e 20/10), simultaneamente, em 200 cidades ao redor do mundo. Para a coordenadora de inovação do Senai MT, Jenifeer Duarte, o Nasa Space APPs foi uma oportunidade para que jovens de diversas áreas pudessem trabalhar de forma complementar e desenvolver soluções para desafios reais em nível mundial, assim como criar produtos inovadores para a indústria de todo o mundo.

“Unimos os dois negócios do Senai: inovação e tecnologia. O resultado foi uma efusão de ideias criativas e produtos inacreditáveis de talentosos estudantes e profissionais de Mato Grosso. Estamos mudando a forma de trabalhar e esses jovens ganharam uma grande bagagem profissional e pessoal”, pontua.

Prêmios

Primeiro lugar:
 - 2 horas de mentoria com a Connect Software com visita técnica na empresa;
- 2 horas de mentoria com o investidor João Marcelo Okajima da Anjos do Brasil. Ele é CEO da OMJ Investimentos e participações, com escritório nos Estados Unidos, Portugal e Brasil e membro da Cerrado Smart Capital.
- 1 hora de mentoria e visita técnica a unidade do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em Cuiabá;
- 1 hora de mentoria online com a Júpter - plataforma para ajudar empreendedores no ciclo de desenvolvimento de startups;
- 1 hora de mentoria online com Rodrigo Leonardi da Agência Espacial Brasileira.
 
Segundo lugar:
 - 1 hora de mentoria com a Connect Software e visita técnica na empresa;
- 1 hora de mentoria com o investidor João Marcelo Okajima da Anjos do Brasil. Ele é CEO da OMJ Investimentos e participações, com escritório nos Estados Unidos, Portugal e Brasil e membro da Cerrado Smart Capital.
- 1 hora de mentoria e visita técnica a unidade do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em Cuiabá;
- 1 hora de mentoria online com a Júpter - plataforma para ajudar empreendedores no ciclo de desenvolvimento de startups;
- 1 hora de mentoria online com Rodrigo Leonardi da Agência Espacial Brasileira.
 
Todos os participantes receberam:
- US$ 300 em crédito no Google Cloud Platform para iniciar seus projetos;
- Créditos do Programa Microsoft Azure Livre para criação de uma conta gratuita com até US $200 em créditos.
- Registro grátis por um ano de um nome de domínio e construtor de sites usando domínios .CO da Neustar.
- Uso dos serviços do Sentinel Hub para o processamento e distribuição de dados de observação da Terra (OE).
- Teste DNA Empreendedor da Founder Institute - maior programa de aceleração mundial no estágio de ideia que ajuda fundadores a lançar empresas de tecnologia através de estrutura, mentoria e uma rede global. O melhor candidato do teste irá receber a bolsa Star Fellowship e entrar no programa sem custo (valor U$699).
  • Protótipos envolvendo capivara, moringa e plantações no espaço conquistam prêmio da Nasa em Cuiabá
  • Protótipos envolvendo capivara, moringa e plantações no espaço conquistam prêmio da Nasa em Cuiabá
  • Protótipos envolvendo capivara, moringa e plantações no espaço conquistam prêmio da Nasa em Cuiabá
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

New Deal no Brasil

Bairro simples da periferia. O cheiro de café ainda estava pela cozinha e transpunha a sala com móveis simples, um sofá velho e uma antiga televisão que tinha em cima dela algumas xícaras, daquelas que têm o...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet