Notícias / Empresas

03/10/19 às 12:05

Usina de biocombustível é inaugurada em Cuiabá e deverá gerar 100 empregos diretos

Cenário positivo da economia mato-grossense vem atraindo os investimentos empresas de diversos setores

Thielli Bairros | Sedec MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Usina de biocombustível é inaugurada em Cuiabá e deverá gerar 100 empregos diretos

Governador Mauro Mendes e secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, visitam nova fábrica de biocombustíveis em Cuiabá

Foto: Tchélo Figueiredo

A planta da Delta Biocombustíveis foi inaugurada em Cuiabá nesta terça-feira (01.10), no Distrito Industrial. A nova planta terá capacidade de produção de até 1 milhão de litros de combustível limpo por dia, sendo a sétima maior planta do mercado de biodiesel brasileiro, e será responsável pela geração de cerca de 100 empregos diretos.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, ressalta que a abertura da indústria demonstra o interesse empresarial em investir no Estado. “É a demonstração de que Mato Grosso é viável e de que o Governo é parceiro dos investidores, andando lado a lado para construir um cenário positivo”, afirma.

Há nove anos no segmento de biocombustíveis, a Delta já possui uma unidade em Mato Grosso do Sul e agora chega ao estado vizinho. “Vimos a oportunidade em Mato Grosso e esta é a nossa entrada no estado. O Governo nos apoiou em tudo e acreditamos que será uma boa parceria, trazendo assim novos investimentos”, afirma Sílvio Roman, diretor geral da Delta Energia.

Mato Grosso ocupa a segunda posição nacional na produção de biocombustíveis. “Aqui se produz 22% de todo o País e a tendência é de crescimento. Somos um estado agropecuário e as matérias primas que utilizamos é que se produz no Estado”, afirma Rodrigo Guerra, presidente do Sindicato das Indústrias de Biodiesel de Mato Grosso (Sindibio).

“Economicamente, o País começa a dar sinais de recuperação e é preciso que o governo continue fazendo a sua parte que é dar maior agenda de eficiência para levar a um cenário de investimento. A produção de biocombustível é uma estratégia que é acertada por ser uma alternativa sustentável e com grande geração de valor. A indústria é a prova de confiança de que o empresariado enxerga Mato Grosso com bons olhos”, finaliza Gustavo de Oliveira, presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT).
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - 'Destino da Terra e causas das misérias humanas'

“Admira-se de encontrar sobre a Terra tanta maldade e más paixões, tantas misérias e enfermidades de toda a sorte, concluindo-se quão deplorável é a espécie...

 
 
 
 
Sitevip Internet