Notícias / Negócios

29/09/19 às 22:14 / Atualizada: 29/09/19 às 22:21

Cuiabá - Feira do Empreendedor tem lotação máxima

Público comparece em massa ao evento em busca de experiências

Rita Comini – Assessoria Sebrae MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Cuiabá - Feira do Empreendedor tem lotação máxima

Foto: Rodrigo Lorenzon

A adesão do público a 11° da Feira do Empreendedor, realizada de 26 a 28/09, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, é um sinal de que o empreendedor mato-grossense está resgatando a confiança e a esperança de fazer um empreendimento com base nas suas convicções de que é possível empreender, é possível acreditar. 

Durante os três dias da Feira, um público de mais de 10 mil pessoas compareceu em massa, especialmente para assistir as palestras magnas de Rick Chester, Geraldo Rufino e Felipe Titto, três empreendedores cujas histórias têm em comum superação, garra, persistência, busca pelo conhecimento, resiliência e muito trabalho para atingir o sucesso.

Na avaliação da diretora técnica do Sebrae Mato Grosso, Eliane Chaves, os palestrantes são grandes inspiradores, mostrando que brasileiros que vieram  das condições mais adversas, por acreditar em si consegue transformar sua realidade. “Eu acho que esse foi o grande recado passado na Feira e que atraiu a atenção de muita gente em todas as nossas ações”. Segundo ela, as pessoas que participaram do evento mostraram também a necessidade de buscar informações, de se qualificar, entender as mudanças que estão acontecendo no mundo. “Muito mais do que qualquer avanço tecnológico, mudanças e ameaças, inconstância, o grande recado que foi dado por todos é acredite no potencial que cada um tem, arregace as mangas e trabalhe para que o resultado apareça. Esse é o recado final da Feira do Empreendedor 2019”.

Marta Torezam, gerente de empreendedorismo do Sebrae MT, destaca o painel dos talks, que teve mais de 30 empresários locais e de outros estados falando de suas experiências. “Cada vez mais as pessoas querem saber como fazer, o que pode dar certo, o que pode dar errado, essa orientação mais detalhada da experiência pessoal de quem empreende”.

No espaço da Feira, além das instituições parceiras, 67 empresas locais e nacionais mostraram seus produtos e serviços.

Experiente em participar de Feiras do Empreendedor, o empresário Alex Herber Melo Guimarães, do Shopping das Mulheres, que esteve em todas as edições de Mato Grosso e em mais quatro em Mato Grosso do Sul, disse que essa foi a melhor de todas. Segundo ele as pessoas estavam com foco em fechar negócios e a visibilidade do evento foi muito boa, bem como a montagem dos estandes de forma limpa, clean, facilitou o trabalho. “Se tiver alguma coisa para melhorar, que pulem essa porque foi perfeita”, declarou pouco antes do fim do evento, na noite de sábado.

Ele conta que recebeu lojistas do interior, de Sorriso Sinop, Lucas do Rio  Verde, Paranaíta que fizeram pedidos de seus produtos. Disse ainda que foi convidado a participar da Feira do Empreendedor do Pará do ano que vem, que acontece em Belém de 22 a 25 de abril de 2020 e na próxima semana já vai fechar o contrato.

Estreantes na Feira e com a empresa recém-criada, os sócios da Criart Epoxi Dubai, Lucas Lemos, Celi Volek Ferraz e Roney Souto, ficaram muito satisfeitos com os resultados obtidos. Atenderam mais e 500 pessoas e fecharam 10 contratações de serviços. “Na segunda-feira, 30, já estaremos em campo prestando o serviço”, conta animada Celi Volek, acrescentando que esse foi o primeiro evento que participaram e que fizeram muitos contatos. “As portas se abriram para nossa empresa”.

Selma Poli, da San Rafael Sorvetes, uma empresa com sede em Sorriso (398 km ao norte de Cuiabá), disse que mesmo sendo cansativa, a Feira é uma oportunidade de divulgar o produto e a empresa. “Nosso objetivo é buscar pontos de vendas, em supermercados, lanchonetes, cantinas, empresários que querem abrir sorveterias”, disse revelando que fizeram muitos contatos que podem resultar em negócios futuros.

A empresa têm 15 pontos de venda na Capital e a meta é chegar a 50 até o final deste ano. No mercado há 36 anos, a empresa produz 30 sabores de sorvetes em caixas, 25 em potes e mais 17 sabores de picolés.

A empresária Lenir Silva, 41 anos, uma das integrantes da caravana de Lucas do Rio Verde (332 km de Cuiabá), participou da Feira pela primeira vez e disse que adorou tudo. Atuando no ramo de beleza, ela se disse muito impactada pela palestra do Geraldo Rufino e revela que achou muito proveitosa a oficina “Atendimento ao cliente”. “Deveria ter Feira do Empreendedor todo ano”, disse de forma divertida.

Já Dayane Ramos, 26 anos, micro empreendedora, destacou a palestra de Aymme Fernandes sobre o papel dos influencers digitais no sucesso das empresas, apresentada na Arena Inovação. 

Marta Torezam reforça que tudo que está relacionado a empreendedorismo contemporâneo foi mostrado. “O povo respondeu com uma presença incrível, tivemos lotação máxima, infelizmente não conseguimos atender a todos, mas isso mostra que o assunto empreendedorismo está em vigor, vivo e as pessoas estão cada vez mais ávidas por conhecimento”. Na visão da técnica do Sebrae, isso abre uma perspectiva de desenvolvimento maior dos pequenos negócios. “As pessoas que planejam e se capacitam têm mais chance de realizar com sucesso seus projetos de negócios”, constata.

A Feira do Empreendedor 2019 é uma realização do Sebrae, em parceria com o Governo de Mato Grosso, com apoio da Celebre Agência de Eventos, Prefeitura de Cuiabá, Sesi e Senai. As instituições bancárias Sicredi, Banco do Brasil, Caixa e o Governo Federal foram patrocinadores do evento.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

José Sarney

São Luís em Dezembro

O sinos do Natal já podem ser ouvidos nos seus sons distantes Quando eu era menino e começava, em São Bento, a descobrir o mundo com suas belezas, a primeira coisa que me encantava era o campo verde, lindo tapete de capins:...

 
 
 
 
Sitevip Internet