Notícias / Policial

29/09/19 às 21:29

Aragarças (GO) - Jovem é presa por manter idoso em cárcere privado e o agredir durante seis horas para roubar

Segundo delegado, suspeita de 22 anos estava com dois homens que renderam a vítima para roubar o carro.

Por Rodrigo Gonçalves, G1 GO

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Aragarças (GO) - Jovem é presa por manter idoso em cárcere privado e o agredir durante seis horas para roubar

Jovem de 22 anos foi presa em Aragarças suspeita de roubar idoso

Foto: Assessoria Polícia Civil de Goiás

Uma jovem de 22 anos foi presa suspeita de manter um idoso em cárcere privado por cerca de seis horas para cometer um roubo, em Aragarças, na região oeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o idoso contou que foi agredido durante toda a noite pela mulher e mais dois homens.
 
O delegado responsável pelo caso, Ricardo Galvão, informou que o crime aconteceu no início deste mês, mas a prisão dela aconteceu neste domingo (29) após o cumprimento de mandado de prisão preventiva. O nome da suspeita não foi revelado.
 
A Polícia Civil contou com o apoio da Polícia Militar para efetuar a prisão. Segundo o delegado, ela não falou nada no momento da prisão e não apresentou advogado até por volta das 15h deste domingo.
 
Galvão contou que, com o auxílio de outras duas pessoas, a jovem rendeu o idoso, por volta das 23h, e levou até a casa dela. De acordo com ele, a proposta do grupo era roubar o carro da vítima.
“No local, ele foi agredido durante toda a noite. Ele foi rendido pelos três quando parou o carro no Setor Nova Esperança e lavado para o Setor Novo Mundo. Ele ficou preso na casa enquanto os suspeitos tentavam se desfazer do carro”, contou.
 
As investigações apontam que, por volta das 6h, o idoso, conseguiu fugir da residência e acionou a polícia.
 
O veículo foi encontrado abandonado logo após o crime, segundo o delegado.
 
“Na delegacia, com o que foi contado por ele, mostramos fotos de mulheres que tinham passagem pela polícia e ele a identificou. Pedimos a prisão dela. O mandado saiu na última quarta, e ela estava foragida, sendo localizada neste domingo”, informou Galvão.
 
Ainda segundo o delegado, a jovem responderá inquérito por roubo, com a pena aumentada por manter a vítima em cárcere privado.
 
“Como não houve lesão grave, ela responde por roubo com o aumento por restringir a liberdade da vítima. Ela foi levada para o presídio feminino de Israelândia. Mas ainda vamos ouvi-la na delegacia nesta segunda”, afirmou Ricardo Galvão.
 
Após o depoimento dela, o delegado pretende chegar aos outros dois suspeitos.
 
“As investigações ainda estão em curso com o fim de identificar e localizar os demais envolvidos”, disse.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

New Deal no Brasil

Bairro simples da periferia. O cheiro de café ainda estava pela cozinha e transpunha a sala com móveis simples, um sofá velho e uma antiga televisão que tinha em cima dela algumas xícaras, daquelas que têm o...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet