Notícias / Cidades

18/09/19 às 16:18 / Atualizada: 18/09/19 às 17:10

Canarana - A capital do nativismo realiza a maior Semana Farroupilha de Mato Grosso

Rafael Govari, Jornal O Pioneiro

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Canarana - A capital do nativismo realiza a maior Semana Farroupilha de Mato Grosso

Abertura Semana Farroupilha 2019 com presença do Deputado Dr. Eugênio

Foto: O Pioneiro

A cidade que o pastor gaúcho Norberto Schwantes idealizou hoje tem moradores de praticamente todos os estados brasileiros e até de outros países. Conforme o último senso do IBGE, apenas 1/3 dos 21.500 moradores do município nasceram em Canarana (MT).

As primeiras famílias de colonos aqui chegaram em 1972. Em 1979 foi erguido o Monumento da Cuia e da Chaleira, na avenida central da cidade, em homenagem aos sulistas que para cá vieram. Em 1984, foi fundado o CTG Pioneiros do Centro Oeste, onde eles se reuniam para cultivas as tradições, longe a mais de 2.000 km de sua terra natal.

Quase meio século se passou da chegada dos primeiros colonizadores do projeto de Norberto e Canarana, entre números, feitos e títulos, também é reconhecida por lei estadual como a capital do nativismo de Mato Grosso, possuindo a maior Semana Farroupilha do Estado.


Semana Farroupilha na Av. Rio Grande do Sul

A Semana Farroupilha são festividades que antecedem o dia 20 de setembro, data do início da Revolução Farroupilha em 1835, quando o Rio Grande do Sul lutou para se separar do Brasil. A maior programação é o Acampamento Farroupilha, no Parque da Harmonia em Porto Alegre, capital gaúcha.

Com o tema ‘Vem pra Cuia’, a Semana Farroupilha de Canarana acontece no canteiro da avenida Rio Grande do Sul, ao lado do Monumento da Cuia, onde é erguido o Piquete Wilmar Pfeifer, em homenagem ao falecido sócio fundador do CTG.

As festividades iniciaram no sábado, 14, com carreata, hasteamento das bandeiras e acendimento da chama crioula. Em todas as noites, até o próximo domingo, 22, é servido um prato diferente em cada janta, como frango com polenta, polenteza, macarronada, arroz carreteiro com charque, porco no tacho, rodízio de carnes, costelão, macarronada, feijoada. No domingo que passou, foi realizada pela manhã a tradicional mateada e o café da manhã colonial.

Além das comidas típicas, as invernadas artísticas do CTG Pioneiros do Centro Oeste apresentam danças tradicionais e acontecem várias manifestações culturais, como chula, dança de salão, declamações e canto. Entre a programação, aconteceu o concurso de Prendas e Peões. Para quem gosta de bailar, dois grupos, Garotos do Cerrado e Bailanta animam a festa.

A ideia de trazer as festividades da Semana Farroupilha para a avenida central, onde é realizada desde 2015, foi justamente para aproximar a população do CTG, inclusive os que não são gaúchos. A proposta deu tão certo que a cada ano a festa fica maior e mais famílias participam do centro de tradições gaúchas.

Em média, nas quatro primeiras noites, foram vendidas na atual edição mais de 400 fichas de janta. A expetativa para o restante da semana é vender 600 fichas por noite. Para se ter uma ideia, de tanta gente que veio na noite de segunda-feira, 16, quando teve porco no tacho, os organizadores tiveram que matar um porco as 21h00 para atender a todos que ali queriam jantar. Conforme os organizadores, mais de 20 mil pessoas circulam pela festa nos nove dias, tornando o evento de Canarana na maior Semana Farroupilha fora do galpão em Mato Grosso.

Os números são expressivos se levar em conta que o município tem pouco mais de 20 mil habitantes, que apenas os colonizadores e mais alguns nasceram no Rio Grande do Sul e que muitos vieram de outros estados. Mas então, o que faz com que a comunidade participe em peso da Semana Farroupilha?


Professor Mitielo e patrão Jorge

Para o patrão do CTG, Jorge Winter, trazer a programação para o centro atraiu muitas pessoas para as festividades. Mas na opinião dele, o fator mais importante é que muitas famílias, mesmo as que não são gaúchas, participam do CTG porque encontraram nessa entidade um lugar que ensina a ética, o respeito, a honra, a honestidade, a disciplina, os valores da família.

“Quem manda é o pai e a mãe, filho obedece, come o que tem, não o que quer. Pedir licença, cumprimentar, se vestir adequadamente, respeitar os outros, estudar e trabalhar são valores que estão se perdendo, mas que nós cultivamos e ensinamos. Tem a cultura gaúcha que é muito bonita, mas acredito que são esses valores que estão atraindo muitas famílias para dento do CTG”, disse Jorge Winter, acrescentando que hoje o Brasil vive uma onda de resgate a esses valores.

Os alimentos utilizados nas jantas são doações e o serviço é voluntário. A realização da Semana Farroupilha tem apoio de empresas, famílias e integrantes do CTG. O valor arrecadado é revertido para a compra de indumentárias, viagens para participar de festivais e outros investimentos. Neste ano já foram investidos mais de R$ 90 mil na aquisição de indumentárias.

Junto às invernadas, o CTG realiza um trabalho social, agregando crianças e adolescentes de baixa renda. “Muitos pensam que o CTG é de rico, mas aqui tem pessoas de todas as classes sociais, de todos os estados, credos e pensamento político. Rico ou pobre, preto ou branco, gaúcho ou não, mas todos cultuando os bons costumes”, complementa o patrão.

O professor de dança José Mitielo disse que hoje fazem parte das invernadas mais de 100 pessoas, de crianças a adultos. Em 2013, a Invernada Juvenil do CTG foi campeã nacional de dança tradicional gaúcha. Em 2014, o grupo participou de festivais internacionais de folclore na Polônia, sendo o único do Mato Grosso a já ter ido para a Europa. “A gente quer repetir, temos o estadual em outubro em Lucas do Rio Verde e ano que vem estamos nos programando para ir para a Europa novamente”, falou Mitielo.

A Semana Farroupilha de Canarana atrai também muitos visitantes das cidades vizinhas, autoridades e meche com a vida dos moradores nos dias do evento. Na manhã do dia 14, o Supermercado Economia realizou o tradicional Gaitaço. A abertura das festividades, na noite do dia 14, contou com a presença do deputado estadual Dr. Eugênio. Na sessão ordinária da Câmara Municipal de segunda-feira, 16, alguns vereadores foram pilchados.

Através de um trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo, Canarana é hoje certificada pelo Ministério do Turismo como integrante do Mapa do Turismo Brasileiro, com foco na pesca (pousadas), etnoturismo (terras indígenas), negócios (Dinetec) e cultural, onde entra a Semana Farroupilha.

Para você que quer vir para a terra do nativismo e acompanhar a maior Semana Farroupilha do Mato Grosso, ainda dá tempo. A programação encerra no próximo domingo, dia 22.


Vereadores na sessão


Integração – gaúchos e ìndios no CTG em 2011


Invernada do CTG
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Evandro Carlos

Mauro Mendes, seu plano era “iludir”? Que pena, o meu era te fazer feliz!!!

A música Milu, do cantor mineiro Gustavo Lima, é um dos grandes hits da musica nacional da atualidade, nela o interprete conta a historia de alguém que vive iludido, lembrando que quem cai uma vez, cai três, mas que ele...

 
 
 
 
Sitevip Internet