Notícias / Meio Ambiente

14/09/19 às 12:53

Operação Korubo desmobiliza garimpo ilegal próximo a índios isolados no oeste do Amazonas

Assessoria/Funai

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Operação Korubo desmobiliza garimpo ilegal próximo a índios isolados no oeste do Amazonas

Foto: Ibama/PF

Finaliza hoje (13) uma grande operação conjunta para desmobilização de garimpo ilegal próximo a índios isolados na Terra Indígena (TI) Vale do Javari, no extremo oeste do estado do Amazonas, zona fronteiriça com o Peru.
 
Nos últimos quatro dias, cerca de 60 agentes da Funai, Polícia Federal (PF) e Ibama atuaram na inutilização de aproximadamente 60 balsas que garimpavam ilegalmente nas TI Vale do Javari, TI Katuquina do Rio Biá e na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Cujubim, no alto curso do rio Jutaí.

Trata-se de uma das áreas de mais difícil acesso da Amazônia brasileira, o que levou a equipe a inutilizar os equipamentos de garimpagem e de apoio ao ilícito no próprio local, conforme a legislação vigente. A TI Vale do Javari é o território com a maior concentração de povos indígenas isolados de todo o mundo, havendo nove referências confirmadas, além de três referências em investigação. A proteção territorial desenvolvida por meio de operações de fiscalização federal é essencial para a garantia da autonomia e da sobrevivência desses povos indígenas.

Foram cinco meses de planejamento e preparação logística que contaram com imagens de satélite recentes da região, dois aviões da Polícia (um para logística e transporte de equipamentos e outro que voa em alta altitude para o reconhecimento da área) e quatro helicópteros (dois do Ibama e dois da PF) para as abordagens das balsas de garimpo e transporte das equipes operacionais.

 
Operacao KoruboFoto: Ibama/PF

As ações de flagrante e destruição dos equipamentos de garimpo foram realizadas pelos integrantes do Grupo Especial de Fiscalização (GEF) do Ibama, do Comando de Operações Táticas (COT) e Delegacia de Tabatinga, ambos da PF, e da Coordenação-Geral de Índios Isolados e de Recente Contato (CGIIRC) da Funai.

O Ministério Público Federal em Tabatinga-AM acompanha todo o processo, auxiliando na articulação entre as instituições envolvidas na operação e expedindo recomendações aos órgãos competentes para inutilização dos equipamentos usados para o ilícito e nos procedimentos criminais posteriores.
 
opjutai buffer 2 croqui
Funai, com informações do Ibama e da Polícia Federal
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Evandro Carlos

Mauro Mendes, seu plano era “iludir”? Que pena, o meu era te fazer feliz!!!

A música Milu, do cantor mineiro Gustavo Lima, é um dos grandes hits da musica nacional da atualidade, nela o interprete conta a historia de alguém que vive iludido, lembrando que quem cai uma vez, cai três, mas que ele...

 
 
 
 
Sitevip Internet