Notícias / Meio Ambiente

11/09/19 às 22:00 / Atualizada: 11/09/19 às 22:23

Canabrava do Norte - Fogo se alastra há mais de 5 dias, mata 50 animais e município decreta situação de emergência

Dois assentamentos foram atingidos por incêndios. Mais de mil famílias foram prejudicadas.

G1 Mato Grosso

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Canabrava do Norte - Fogo se alastra há mais de 5 dias, mata 50 animais e município decreta situação de emergência

Incêndio mata mais de 50 animais em Canabrava do Norte (MT)

Foto: Reprodução vídeo

Um incêndio que começou há mais de cinco dias atingiu a zona rural de Canabrava do Norte (MT), e matou cerca de 50 animais, entre vacas, bois e bezerros. De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Antônio da Fonseca Cabral, o fogo está sem controle. Por isso, a prefeitura decretou situação de emergência.
 
O secretário explicou ainda que a chamas atingiram um assentamento onde vivem mais de 200 famílias. Na localidade, que fica a 70 km do perímetro urbano, 80% das propriedades foram atingidas pelo incêndio.
 
"O fogo está incontrolável. Os bombeiros de Confresa estiveram aqui, mas não conseguiram extinguir. Os moradores ajudaram, mas a situação está muito difícil", comentou ele.
 
Um vídeo feito por um morador do assentamento mostra os animais atingidos pelas chamas.
 
Cabral contou que, na semana passada, outro incêndio foi ocasionado pela queda do escapamento de um veículo, o atrito como asfalto gerou uma faísca que atingiu o mato à beira da estrada e se alastrou.
 
O município tem cinco assentamentos provenientes dos programas de reforma agrária. Dois deles foram atingidos por grandes incêndios. Entretanto, segundo o secretário, todos tiveram algum prejuízo ocasionado pelo fogo.
 
A última chuva registrada em Canabrava do Norte foi no início de maio. As 1.300 famílias assentadas estão se juntando para evitar que novas propriedades sejam atingidas.
 
Ainda segundo Cabral, o município não tem brigada de incêndio e nem sede do Corpo de Bombeiros.
 
"Depois do que aconteceu, já vamos começar um curso para que a gente tenha aqui no município, pessoas que consigam agir neste tipo de situação", afirmou.
 
Na segunda-feira (9), o prefeito João Cleiton Medeiros assinou um decreto declarando situação de emergência no município. O documento permite contratos sem licitação para serviços que resolvam este tipo de situação.
 
O decreto tem validade de 180 dias também visa a obtenção de recursos junto ao governo para que os assentamentos possam ser recuperados.


Foto: Divulgação

 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Queimada e tempo seco não são os agentes principais das doenças respiratórias

As clínicas de otorrinolaringologista e pneumologia ficam cheias nesta época do ano. Crianças e idosos sofrem para dormir, principalmente devido à baixa resistência do organismo, fato que provoca com facilidade...

 
 
 
 
Sitevip Internet