Notícias / Agronegócios

27/08/19 às 23:35 / Atualizada: 27/08/19 às 23:54

JBS leva jovens de MT para trabalhar no Canadá

AguaBoaNews via Folha Max

Imprimir Enviar para um amigo
JBS leva jovens de MT para trabalhar no Canadá

Foto: Divulgação

O Brasil é um dos principais exportadores de carne bovina do mundo e essa vocação natural levou o país a se tornar um dos principais formadores de mão-de-obra altamente especializada no setor.

Atenta a esse cenário, a JBS, maior empresa de proteína animal do mundo, desenvolveu o JBS Sem Fronteiras, um programa que cria oportunidades para que seus colaboradores levem aexpertise nacional em áreas de corte e desossa para a unidade da Companhia em Brooks, localizada na província de Alberta, no Canadá.
 
Neste ano, foram selecionados 16 profissionais de diferentes partes do Brasil, de estados como Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia e Santa Catarina. Inicialmente voltado para colaboradores da Friboi, em 2019 a seleção também foi estendida para a Seara, unidade de negócios de aves, suínos e industrializados da JBS.

Entre esses jovens, está Alexandre Araújo Batista, de Colíder, Mato Grosso. Filho de família pobre, mudou quando pequeno do estado de Alagoas para Mato Grosso. “A situação difícil me obrigou a trabalhar desde pequeno e minha família acredita no reconhecimento pelo trabalho”, afirma. Hoje com 27 anos, Alexandre vendeu picolé e trabalhou em padaria. Já maior, entrou na JBS, no setor de caixaria, e resolveu fazer o curso para desossador. 

Ele é casado, tem dois filhos, e espera conseguir o visto permanente no Canadá para levar a família. “É um esforço está sendo recompensado, a experiência no Canadá vai trazer muita coisa boa”, diz Alexandre, que quer se aprofundar no processo produtivo de carne, entender para onde é exportada e aprender toda a atividade da empresa.

Além dele Alexandre, outros três jovens de Mato Grosso também irão para o Canadá na turma de 2019 do programa: Randerson dos Anjos da Silva, de 22 anos, que trabalha em Alta Floresta; Douglas Cardoso Luiz, que tem 24 anos, e Cristian Costa Moura, de 31, ambos de Barra do Garças, planta que é referência mundial na produção de carne.

Mato Grosso é o Estado que mais enviou jovens para o Canadá no programa da JBS: 12 profissionais do total de mais de 60 que já viajaram desde o início do Sem fronteiras são de MT, o que reforça a posição mundialmente diferenciada do Estado na produção de proteína bovina.

O objetivo do JBS Sem Fronteiras é que os colaboradores brasileiros ajudem os colegas canadenses a aprimorar os seus conhecimentos, favorecendo a produtividade e entregando um produto final ao consumidor com ainda mais qualidade. E a receita tem dado certo: neste ano o programa chega à sua 5ª edição.

Assim que chegam ao Canadá, a JBS presta todo o suporte à inclusão social dos participantes. Por um determinado período de tempo, recebem aulas de inglês para que possam se habituar à nova fase de vida com maior facilidade. A próxima turma embarca para Brooks no mês de setembro.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Coisas de Preto

Cada povo tem seu dom, sua habilidade e no Brasil temos a riqueza de todas as cores de pele,tipos de cabelo, todas as culturas do mundo, diferentes etnias. E no meu ponto de vista, a maior riqueza da humanidade é a diversidade.  Mas...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet