Notícias / Policial

25/10/15 às 16:27 / Atualizada: 25/10/15 às 16:31

Jornal Nacional destaca trabalho feito pela PF para retirar garimpeiros de extração ilegal em Pontes e Lacerda

Jornal Nacional

RDNews

Imprimir Enviar para um amigo
Jornal Nacional destaca trabalho feito pela PF para retirar garimpeiros de extração ilegal em Pontes e Lacerda

Polícias federais fazem barreira em entrada que dá acesso ao garimpo para evitar mais invasões

A Polícia Federal começou uma operação para desativar um garimpo ilegal de ouro, em Mato Grosso.  A Justiça já determinou a desocupação do local, mas muitos garimpeiros se recusam a sair.

Policiais federais fazem barreiras nas estradas de acesso ao garimpo. A procura é por ouro extraído ilegalmente na Serra da Borda, onde garimpeiros estão acampados há mais ou menos dois meses. O lugar fica em Pontes de Lacerda, perto da fronteira com a Bolívia.

Até agora, duas pessoas foram presas com 40 gramas de ouro. Outras quatro foram detidas com R$ 460 mil em dinheiro. Elas são suspeitas de comprar ouro dos garimpeiros, o que também é crime.Policiais federais fazem barreiras nas estradas de acesso ao garimpo. A procura é por ouro extraído ilegalmente na Serra da Borda, onde garimpeiros estão acampados há mais ou menos dois meses. O lugar fica em Pontes de Lacerda, perto da fronteira com a Bolívia.

Há oito dias, a Justiça Federal determinou a retirada de todos do garimpo. Mas, cerca de mil pessoas ainda continuam na área. Segundo a polícia, muitas armadas. “Pelo nosso núcleo de inteligência de Pontes de Lacerda que fez vários levantamentos no interior do garimpo e nas proximidades. Há relatos comprovados de que há pessoas que estão portando armas de fogo, inclusive armas longas”, diz o delegado Vítor Domingues.

O garimpeiro, que não quer aparecer, conta que o clima é tenso: “Tem muitos armados lá no barranco, que é onde surge o ouro mais forte. ‘É’ doze, treze pistolas, com segurança ao redor. 
  
A Polícia Federal diz que está esperando a chegada de mais policiais para iniciar a desocupação. “Eles insistem na nossa retirada. E nós insistimos em ganhar nosso dinheiro. Estamos aí nessa batalha”, diz o garimpeiro Carlos Braga.

O governo de Mato Grosso pediu ao ministério da Justiça a presença da Força Nacional de Segurança na região, para manter o garimpo isolado depois que a desocupação for concluída. Ainda não há confirmação da chegada dos militares, mas essa ação é para evitar que a área seja invadida por novos garimpeiros.

Clique aqui, para assistir.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - 'Pessoas de lua'

Quantas vezes nos deparamos com pessoas que podem ser colegas de trabalho ou até parentes e residentes na mesma morada que dizem: “hoje eu não estou nos meus dias”; “hoje não estou...

 

Enquete

Quem você gostaria que fosse o próximo presidente do Brasil

 
 
 
Sitevip Internet