Notícias / Meio Ambiente

06/08/19 às 13:46 / Atualizada: 06/08/19 às 14:21

Cidades de Goiás e Alto Taquari em MT registram chuva de granizo

Em Chapadão do Céu e Mineiros precipitação foi mais forte. Inmet diz que fenômeno é considerado incomum para esta época do ano.

AguaBoaNews com Sílvio Túlio, G1 GO e Kátia Krüguer, G1 MT e TV Centro América

Imprimir Enviar para um amigo
Cidades de Goiás e Alto Taquari em MT  registram chuva de granizo

Chuva de granizo em Chapadão do Céu

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Após mais de dois meses de intenso calor, algumas cidades de Goiás registraram chuva entre a noite de segunda-feira (5) e a manhã desta terça-feira (6). Em Mineiros e Chapadão do Céu, ambos na região sudoeste do estado, chegou a cair granizo (vídeo). Os registros foram feitos por telespectadores da TV Anhanguera.
 
Outras cidades também registraram chuva, mas como menor intensidade. É o caso de Jataí, São Simão, Posse, Alto Paraíso de Goiás, Rio Verde, Aloândia e Pontalina.
 
De acordo com a chefe do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) em Goiás, Elizabete Alves Ferreira, chuvas de granizo não são comuns para essa época do ano no estado.
 
"Não é muito, mas pode ocorrer por conta do contraste térmico, que é muito calor na superfície e o clima mais frio na altitude, causando uma nuvem chamada de Nimbus", explica.
 
Elizabete destaca que estão previstas novas pancadas de chuva - entre 20 e 30 milímetros - para a região sudoeste de Goiás, inclusive, com rajadas de vento e novamente queda de granizo.
 
No entanto, para Goiânia, a previsão é de apenas um chuvisco no fim da tarde. Chuvas mais firmes e consistentes somente em outubro.

Em Alto Taquari (MT) a chuva cobriu estradas de gelo e chama atenção de moradores

Chuva em Alto Taquari durou cerca de 10 minutos e não houve estragos em residências ou prédios públicos, segundo a prefeitura.



Uma estrada no município de Alto Taquari em Mato Grosso ficou coberta por gelo, após uma chuva de granizo no fim da tarde da segunda-feira (5). Segundo a prefeitura, a chuva durou cerca de 10 minutos e não houve estragos em residências ou prédios públicos.

De acordo com a meteorologista Josélia Pegorim, a passagem de uma frente fria causou a queda de temperatura, que se chocou com uma área de baixa pressão atmosférica formada na região, que faz divisa com Goiás e Mato Grosso do Sul.

"Isso acabou forçando a criação de nuvens muito carregadas, mas só em pequenas áreas", explicou.Os moradores da região filmaram o momento da chuva de granizo e a mudança na paisagem.

Conforme os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a possibilidade de chuva para o município, nesta terça-feira (6), é de 80%.

As temperaturas também permanecem amenas. A mínima é de 14°C e a máxima de 28°C, nesta terça-feira.


Chuva de granizo foi registrada na segunda-feira (5) -- Foto: Reprodução
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

José Sarney

São Luís em Dezembro

O sinos do Natal já podem ser ouvidos nos seus sons distantes Quando eu era menino e começava, em São Bento, a descobrir o mundo com suas belezas, a primeira coisa que me encantava era o campo verde, lindo tapete de capins:...

 
 
 
 
Sitevip Internet