Notícias / Policial

29/07/19 às 19:36 / Atualizada: 29/07/19 às 20:46

Cuiabá - Polícia Civil prende homem por abusar de menino de 7 anos

Assessoria Polícia Civil

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) prendeu, na tarde desta segunda-feira (29), um homem de 55 anos, acusado de abuso sexual contra o neto de 7 anos da companheira e também das duas enteadas quando menores.

F. R. H., 55 anos, foi preso no bairro Tijucal, em cumprimento de mandado de prisão temporária (30 dias). Ao ser notificado da prisão, o suspeito resistiu à prisão, tentando fugir da viatura policial, tendo sido necessário uso de força moderada para sua contenção.

A denúncia chegou a conhecimento da Polícia Civil, em junho deste ano, por meio da mãe da criança, que comunicou suspeita de estupro, após o filho se queixar de dor anal, e ser levado atendimento médico, onde foi orientada a procurar a Delegacia para requisição de exame de corpo delito na criança.

O exame confirmou o abuso sexual, além de doença venérea contraída. O menino também passou pela equipe psicossocial da Delegacia, que atestou em laudo a violência sexual sofrida pelo menor.

As duas filhas da companheira do suspeito, uma de 30 anos, mãe do menino de 7, e outra de 41 anos, registraram boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher narrando assédio sexual praticado contra o padrasto, quando elas eram menores de idade, entre 9 e 10 anos. Uma delas contou que ambas eram sondadas por ele quando iam tomar banho e dormiam de calças compridas, pois várias vezes acordaram com ele apalpando parte de seus corpos.

A duas mulheres ainda narraram eram xingadas pelo suspeito e ameaçadas de agressão física.  Essa denúncia também foi realizada em junho, logo após a denúncia na Deddica, e teve procedimento policial instaurado.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

João Spenthof

Cooperativismo de crédito: trabalhar para transformar

Cooperar é uma palavra que tem várias definições. Uma delas é operar em conjunto, é – o que podemos dizer – ser coautor(a) de uma mesma obra. Esses “coautores” são chamados de...

 
 
 
 
Sitevip Internet