Notícias / Nacional

26/07/19 às 14:32 / Atualizada: 26/07/19 às 14:45

Bolsonaro visita Goiás e almoça com Amado Batista na fazenda do cantor

Antes de se encontrar com o artista, presidente brincou sobre o programa: 'Não é para qualquer um'. Agenda do presidente nesta sexta-feira também conta com presença na comemoração dos 161 anos da Polícia Militar.

Vanessa Martins e Paula Resende, G1 GO — Goianápolis

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Bolsonaro visita Goiás e almoça com Amado Batista na fazenda do cantor

Bolsonaro visita Goiás e almoça com Ronaldo Caiado e Amado Batista na fazenda do cantor

Foto: Reprodução/Facebook

O presidente Jair Bolsonaro almoçou, nesta sexta-feira (26), com o cantor Amado Batista, no Sítio Esperança, em Goianápolis. Este foi o primeiro compromisso da agenda dele em Goiás.
 
“Referência de artista brasileiro, estamos na chácara dele, a campanha praticamente começou aqui, a 10 anos atrás. Cara humilde e adorado em todo Brasil. Muita honra e satisfação estar com ele aqui em Goiás”, disse Bolsonaro.
 
O presidente publicou em uma rede social um vídeo na fazenda do cantor, junto com Amado Batista e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM). Na gravação, o artista canta um dos seus sucessos: "O Pobretão". Amado termina a canção, e o presidente pede que ele cante mais, o que é prontamente atendido.
 
Bolsonaro também falou sobre o decreto sobre a posse e o porte de armas e a valorização dos militares. Inclusive, nesta noite, o presidente participa da comemoração dos 161 anos da Polícia Militar de Goiás. Durante o evento, também ocorrerá a formatura da 45ª Turma de Aspirantes, a qual um dos sobrinhos dele integra.
 
"Entendemos que os integrantes da força armadas, uma vez cumprida a missão, o pessoal tem de ser condecorado e não processado. É o jeito de dar um basta na violência no Brasil, continuo lutando para que o decreto das armas continue valendo", disse o presidente.
 
Bolsonaro visita fazenda de cantor Amado Batista, em Goianápolis
Bolsonaro visita fazenda de cantor Amado Batista, em Goianápolis
 
A visita durou cerca de duas horas, pois Bolsonaro deixou a fazenda às 13h45. Antes do almoço, o presidente falou sobre o encontro com o cantor no Palácio da Alvorada, em Brasília, ao conversar com pessoas que o aguardavam. "Almoçar com Amando Batista não é para qualquer um não", brincou.
 
Ao longo da manhã, dezenas de carros passaram pela estrada que dá acesso à fazenda. Todos foram vistoriados pelos policiais que integram o forte esquema de segurança montado.
 
Equipes dos Bombeiros, Samu, Polícia Rodoviária Federal, Exército e Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar ficam de prontidão em diferentes pontos da estrada.
 
Após sair da casa de Amado Batista, Bolsonaro foi de helicóptero direto para o Comando de Operações Especiais do Exército, em Goiânia, onde, segundo a assessoria do presidente, permanecerá durante toda a tarde.
 
Bolsonaro visita Goiás e almoça com Amado Batista na fazenda do cantor, em Goianópolis — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Bolsonaro visita Goiás e almoça com Amado Batista na fazenda do cantor, em Goianópolis — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
 
Saque FGTS
 
Mais cedo, antes de viajar para a fazenda de Amado, Bolsonaro afirmou que considera "difícil" para o Congresso aumentar o valor de R$ 500 por conta, no saque imediato do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
Nesta semana, o presidente assinou medida provisória (MP) que criou novas possibilidades para os trabalhadores retirarem dinheiro de suas contas do FGTS. Uma das ações é o saque imediato, cujo calendário de retiradas irá de setembro de 2019 a março de 2020. A medida ainda será analisada pelo Congresso.
 
Amado Batista tem fazenda em Goianápolis — Foto: Divulgação/ Paparazzo Fernando Alves Lima
Amado Batista tem fazenda em Goianápolis — Foto: Divulgação/ Paparazzo Fernando Alves Lima
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

As mulheres da minha vida

Thomires era o nome da minha avó paterna.  Descendente de franceses, tinha a pele muito alva e os olhos azuis claros, que lembravam o mar. O louro esbranquiçado do seu cabelo remetia-me aos das minhas bonecas. Adorava admirar o...

 
 
 
 
Sitevip Internet