Notícias / Notícias Gerais

16/07/19 às 12:47

UFMT tem energia elétrica cortada por falta de pagamento

Vários campus, incluindo os de Barra do Garças e Pontal do Araguaia, estão sem energia.

Helena Corezomaé/ Vitória Tumelero/João Danielides

Muvuca Popular

Imprimir Enviar para um amigo
Conforme a assessoria da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) a energia do campus de Cuiabá foi cortada nesta terça-feira (16) por falta de pagamento. A administração também informou que será realizada no período da tarde uma reunião para deliberar como resolver a situação.

“Foi cortada a energia sim, não tenho valores, a única coisa que eu posso adiantar é que temos seis faturas em aberto, quatro delas são de 2018 e duas deste ano e a negociação continua, agora de tarde teremos outra reunião e só após ela poderemos dar alguma notícia mais concreta”, declarou a assessora.

No início do mês, em 5 de julho, a reitora da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), professora Myrian Serra, participou de uma  audiência com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para debater as contas da instituição.

A instituição sofre com o corte orçamentário desde 2014, na qual houve a redução da verba de custeio, associada às obras e equipamentos do campus. Contudo, em março deste ano, o Governo Federal anunciou o bloqueio de 30% na educação superior de todo o país, que representa R$ 34 milhões para a universidade cuiabana.

Desde o dia 28 de junho, a instituição foi notificada pela empresa Energisa quanto à chance de interrupção na prestação de serviços pela falta de pagamento, entretanto, em negociações, conseguiu a prorrogação do prazo para 5 de julho, contudo, sem recursos o pagamento não foi feito.

A Universidade disponibiliza 113 cursos de graduação, sendo 108 presenciais e cinco na modalidade como Educação a Distância (EaD), residindo em 33 cidades do estado. São cinco Campus e 28 pólos de Ead. Dentro da pós-graduação, a instituição oferece 66 programas de mestrado e doutorado. A UFMT atende 25.435 mil acadêmicos, distribuídos em todas as regiões do estado.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Paiva Netto

Hiroshima

Em 6 de agosto de 2019, precisamente às 8h15, completam-se 74 anos do lançamento da bomba atômica sobre Hiroshima, depois foi a vez de Nagasaki, também no Japão. Data que jamais será varrida das...

 
 
 
 
Sitevip Internet