Notícias / Policial

10/07/19 às 19:31 / Atualizada: 10/07/19 às 20:14

Várzea Grande - Ex-marido suspeito de matar mulher em hotel é encontrado morto em chácara

Daniel Domingos Mendes, de 39 anos, estava sendo procurado pela polícia. Ele era suspeito de matar a ex-mulher dele, de 32 anos, em quarto de hotel na segunda-feira.

G1/MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Várzea Grande - Ex-marido suspeito de matar mulher em hotel é encontrado morto em chácara

Foto: Divulgação

O homem suspeito de matar a ex-mulher dele em um hotel, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, na segunda-feira (8), foi encontrado morto em uma chácara, em Jangada, a 82 km da capital, nesta quarta-feira (10). Daniel Domingos Mendes, de 39 anos, estava sendo procurado pela polícia.
 
A Polícia Militar informou ter recebido uma denúncia sobre o paradeiro de Daniel e quando chegou ao local soube que havia cometido suicídio, em uma chácara na comunidade rural do Barcada.
 
A área foi isolada e a Polícia Civil de Rosário Oeste, a 133 km de Cuiabá, foi chamada.
 
Luciana Aparecida da Silveira, de 32 anos, foi morta por asfixia. Ela foi encontrada morta em cima da cama do hotel, que fica próximo ao Trevo do Lagarto, por funcionários do estabelecimento, nesta quarta-feira, dois dias após ter se hospedado no hotel com o ex-marido.
 
De acordo com a polícia, ela chegou ao hotel acompanhada do suspeito, por volta de meio-dia de segunda-feira. O homem trancou o quarto e deixou o hotel por volta de 15h do mesmo dia e não retornou.
 
A Perícia Oficial Técnica (Politec) apurou, preliminarmente, que ela foi morta por asfixia mecânica.

2º caso
 
Este é o segundo caso em 24 horas de acusados de matar uma mulher e que se matam em seguida.
 
Na terça-feira (9), Marcos Rogério Lima, de 33 anos, cometeu suicídio após ter matado a ex-mulher, Débora de Oliveira Silva, de 37, no Distrito Caravágio, em Sorriso (420 km de Cuiabá). O feminicídio acontece na segunda (8).
 
De acordo com o relato da Polícia Militar da cidade, Débora foi morta com um tiro de espingarda calibre 20, no rosto.
 
Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois.
 
Testemunhas relataram que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e este seria o motivo do homicídio.
 
Horas depois a Polícia Civil encontrou o homem, que estava escondido em um barraco no Distrito de Caravagio.
 
Quando os investigadores chegaram ao local, a residência estava fechada e os policiais pediram para Marcos sair e se entregar. No entanto, após algum tempo de conversa, os policiais ouviram um disparo vindo de dentro da casa.
 
A Polícia entrou no local e encontrou o homem com um tiro no queixo. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde em Nova Ubiratã, mas não resistiu aos ferimentos.

 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Considerações sobre o eclipse solar parcial de 2 de julho

Só por curiosidade, estou enviando a figura que fornece/forneceu  a informação COMPLETA sobre o eclipse solar de 2 de julho último. Acima, à esquerda há um marcador com o sinal + que aumenta o mapa...

 

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos professores de MT

 
 
 
Sitevip Internet