Notícias / Notícias Gerais

29/06/19 às 22:56 / Atualizada: 29/06/19 às 23:31

Cuiabá - Doze casais de LGBTI's oficializam união em casamento comunitário

Essa foi a 1ª edição do casamento comunitário para casais homoafetivos. A data foi escolhida por comemorar o Dia Internacional do Orgulho Gay.

G1/MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Cuiabá - Doze casais de LGBTI's oficializam união em casamento comunitário

1ª edição do casamento comunitário para casais homoafetivos.

Foto: Assessoria

Doze casais de homens e mulheres gays e lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais (LGBTI’s) oficializaram o relacionamento nessa sexta-feira (28), em Cerimônia Ecumênica promovida pelo Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual (CMADS), em Cuiabá.
 
Essa foi a 1ª edição do casamento comunitário para casais homoafetivos. A data foi escolhida por comemorar o Dia Internacional do Orgulho Gay.
 
O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo foi autorizado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em outubro de 2011. Antes, esse tipo de união era firmada apenas por um contrato estável. Com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), os casamentos civis de casais do mesmo sexo passaram não só a entregar certidões, como garantir direitos, com o reconhecimento e devidos benefícios assegurados.
 
De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual (CMADS), Valdomiro Arruda, a iniciativa do projeto foi pensada em garantir a cidadania, resgatar a dignidade humana e ressaltar o combate à intolerância e ao preconceito.
 
O vice-presidente do Conselho, Clóvis Arantes, lembra que os casais participantes tiveram que obedecer alguns requisitos, dentre eles a comprovação de carência financeira, caracterizando hipossuficiência, que é uma condição estabelecida na Lei do Direito ao Consumidor, pois não houve custo para os noivos ou noivas.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Considerações sobre o eclipse solar parcial de 2 de julho

Só por curiosidade, estou enviando a figura que fornece/forneceu  a informação COMPLETA sobre o eclipse solar de 2 de julho último. Acima, à esquerda há um marcador com o sinal + que aumenta o mapa...

 

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos professores de MT

 
 
 
Sitevip Internet